Onde ficar em Montreal

Onde ficar em Montreal – Melhores bairros

Pensando onde ficar em Montreal? Qual o melhor bairro? E quais são as boas opções de hotel em Montreal? Então, chegou no lugar certo, pois vou compartilhar com você sobre as melhores regiões para se hospedar em Montreal e porque ela é uma das cidades mais interessantes para se visitar no Canadá, na minha opinião.

Definitivamente, escolher onde ficar em uma cidade grande nos consome muito tempo. Por isso, acredito que esse post vá te ajudar a filtrar a melhor localização de Montreal para seu estilo, pois acredite, Montreal tem várias facetas, incluindo a forte influência francesa, os bairros históricos e a culinária (alguém aí falou em poutine?). Enfim, você vai se sentir em uma cidade europeia-canadense com muito gingado latino. 

Aliás, você sabia que Montreal é a segunda maior cidade do Canadá? E acima disso, que é a maior cidade que fala francês sem ser na França!? Pois é, vai preparando seu francês, mon chéri!

Para quem não sabe, eu moro no Canadá há mais de 20 anos, então sempre que sobra um tempinho, eu vou para Montreal, pois adoro a cidade! Aproveite também para conferir aqui no Viajoteca sobre o que fazer em Montreal e também ler um roteiro clássico incluindo as principais cidades das províncias de Ontario e Quebec.

Principais cidades do Canadá
Old Montreal


Antes de viajar, não esqueça de:


Melhores bairros para ficar em Montreal

Segue abaixo os 5 melhores bairros de Montreal para ficar, cada um com seu estilo e finalidade, mas claro que não dá para rotular geral, não é mesmo? Esse texto abaixo é apenas um vapt-vupt para dar uma facilitada na escolha e clicando nos links, aí você será levado para o texto sobre cada bairro detalhadamente, assim como alguns hotéis interessantes de cada região.

  • Old Montreal | Vieux-Montreal (Velha Montreal) – esse é o bairro mais histórico, turístico e visitado de Montreal. Recomendo ficar aqui especialmente aqueles que estão indo pela primeira vez.
  • Downtown | Centre-Ville – parte moderna da cidade, mas bem próxima da Old Montreal. Lá é onde o lado metropolitano, cultural e de negócios da cidade ganha forma. Ótima alternativa para quem está visitando pela primeira vez, indo a negócios ou quer ficar perto de onde a cidade acontece. Confesso que sempre fiquei nessa região durante minhas visitas a Montreal, pois acho um local prático para ir de um lado para o outro, inclusive na minha última viagem fiquei no Delta e achei que valeu.
  • Le Plateau-Mont-Royal – Bairro cheio de personalidade e hipster, ideal para quem quer ficar do “lado francofônico” de Montreal, assim como para quem gosta de cafés, vida boêmia, restaurantes, boutiques, arte de rua etc. Eu amo caminhar por esse bairro.  
  • Mile End – novo concorrente do bairro Le Plateau. Ele tem uma pegada muito multicultural, artística e especialmente gastronômico. 
  • The Village – bairro LGBTQ+ de Montreal. Excelente vida noturna. 

Booking.com



Bem-vindos a Montreal, uma das cidades mais interessante e multifacetada do Canadá! Acredita-se que a região de Montreal já vem sendo habitada pelos povos nativos há 8.000 anos, enquanto a colonização europeia começou em 1642, inicialmente nomeada como Ville-Marie.

Tem sempre algum burburinho acontecendo em Montreal, seja um evento, um show, um festival ou qualquer coisa que coloque a cidade em movimento, mesmo durante o inverno rigoroso. Montreal tem personalidade própria, assim como toda a província de Quebec, o que faz Montreal ser uma delícia de explorar.

Dica importante: o lado oeste de Montreal é considerado mais anglophone, ou seja, mais pessoas que falam inglês. Enquanto o lado leste é mais francofônico, habitado por pessoas que falam francês. De qualquer forma, o francês é muito usado de maneira geral e sempre recomendo tentar gastar seu francês antes de arriscar o inglês.

Dica sobre transporte público: o sistema público de transporte de Montreal é excelente e você pode aproveitar parta circular pela cidade com ele. Mas há também táxis e Uber para facilitar.

O cartão de transporte público chama-se OPUS card, e com ele você pode circular por Montreal em qualquer pela malha do STM Transit. Ou você pode comprar o ingresso do ônibus turístico que dá acesso as principais atrações da cidade.

(O time de hockey de Montreal chama-se Canadiens, um dos melhores da liga do NHL.
A temporada completa geralmente vai de outubro a início de junho)

1. Old Montreal | Vieux-Montreal (histórica e turística)

O que chamamos de “velha Montreal” (Old Montreal em inglês ou Vieux-Montreal em francês) é sem dúvida a parte mais turística da cidade, mas também a mais histórica e com jeitão de Europa. Impossível não se apaixonar por essa região ao caminhar pelas ruas de paralelepípedos, apreciar os prédios históricos, e flanar pelas margens do Rio São Lourenço.

Passear pela velha Montreal é entrar na história canadense do século 17, data que a maioria dos prédios foram construídos nessa região. Todavia, apesar da idade, não se engane, pois o bairro é vibrante e é por ali que ficam as principais atrações turísticas de Montreal, entre elas: a Basílica de Notre-Dame, a Rue Saint-Paul, a Praça Jacques-Cartier, o mercado Bonsecours, o velho porto (Vieux-Port de Montréal), o museu arqueológico Pointe-à-Callière, a praça Place d’Armes, a roda gigante (La Grande Roue de Montreal) e a Torre do Relógio. 

Certamente, a Old Montreal é um dos melhores (se não o melhor) lugar para ficar em Montreal. Contudo os valores de hotéis ou apartamentos costumam também ser os mais caros da cidade.

Melhores hotéis na Old Montreal

Old Montreal - onde ficar
Ruas históricas da Old Montreal

2. Downtown Montreal (arranha-céus, cultura e entretenimento)

Downtown é a parte metropolitana de Montreal, ou seja, cheia de prédios comerciais, arranhas céus, lojas, bares, restaurantes, universidades e vários museus. Acima disso, para quem gosta de se exercitar, dá para ir a pé até o terraço do Parque Mt. Royal (Kondiaronk Belvedere) para se ter uma vista da cidade e curtir um pouco de verde.

Como disse anteriormente é uma excelente localização para hotéis em Montreal, pois fica mais ou menos no meio de diferentes atrações. Então, é super prático e conveniente. Quase todas as vezes que fui a Montreal, eu fiquei nessa região e gostei bastante!

Onde ficar em Downtown Montreal:

Onde ficar em Montreal - Hotel Mt. Stephen
Um dos quartos do Le Mount Stephen

3. Le Plateau (descolada, colorida e “francesa”)

Para quem procura um bairro cheio de personalidade, em uma região histórica, colorida, boêmia e de mentalidade moderna, certamente vai querer ficar no Le Plateau. Se eu morasse em Montreal, tentaria encontrar um apartamento nessa região!

Le Plateau é cheia de casas geminadas com fachadas coloridas em estilo victoriano. Na minha opinião, não deixe de passar no Square Saint-Louis, acho esse pedacinho uma fofura. O bairro nasceu para atender uma classe trabalhadora de baixa renda, contudo, hoje é uma das areas mais procuradas e queridas da cidade. Há muito tempo deixou de ser opção econômica, aliás, está bem longe disso!

Nessa região você encontrará muitos parques, murais (street art) e uma quantidade enorme de restaurantes e cafés. Dito isso, recomendo pesquisar bastante os lugares para comer, pois tem muita coisa boa, mas tem muita coisa com preço acima do normal só porque o bairro é popular.

O Le Plateau é considerado um bairro francofônico, ou seja, uma ótima oportunidade de entrar no clima de Quebec. Por ser um bairro residencial, a oferta de hotéis é menor.

Onde ficar no Le Plateau em Montreal

Bairro Plateau em Montreal
Square Saint-Louis, Le Plateau Mt Royal

4. Mile End (multicultural e gastronômico)

Olhando no mapa é fácil achar que Mile End faz parte do Le Plateau, o que na verdade faz, mas melhor separar, pois eles são “iguais e distintos” ao mesmo tempo. Algumas pessoas dizem que o Mile End é o “novo” Le Plateau.

Para quem gosta de uma pegada local, talvez o Mile End seja o lugar para ficar em Montreal. Contudo, não tem muitas opções de hotéis.

Mile End é bem multicultural e isso reflete (positivamente) nos restaurantes e cafés, especialmente na Bernard Street. Tanto é que a região é conhecida como a área mais foodie de Montreal! Se prepare para encontrar boutiques, lojas e também o famoso bagel de Montreal (tipo de pão bem famoso na América do Norte). As duas padarias conceituadas são: Fairmount Bagel & St-Viateur Bagel.

Onde ficar em Montreal no bairro Mile End

5. The Village (vida noturna, terraces e bairro gay)

Uma das maiores comunidades LGBTQ+ da América do Norte fica em Montreal e também no The Village que fica uma das melhores vida noturna da cidade! Para quem gosta de balada, são mais de 80 bares, restaurantes e nightclubs para curtir. Sem contar os terraces, que em Toronto chamamos de patios, bares com mesas ao ar livres que é uma curtição nos meses de clima mais ameno!

DICA: a rua Sainte Catherine St. E, local da maioria desses bares, não tem trânsito de carro entre os meses de maio e setembro. Resumindo, é a perfeição!

Dica 2: o Pride Parade de Montreal, Parada Gay, acontece no início de agosto. Enquanto em Toronto, por exemplo, acontece no final de junho.

Acomodações na região do The Village, Montreal

Onde ficar em Montreal
Old Montreal

Curtiu as dicas sobre onde ficar em Montreal?

Como vocês puderem conferir nas dicas acima sobre onde ficar em Montreal, a cidade é cheia de lugares legais para todo tipo de viajante e em qualquer época do ano, inclusive no inverno canadense!

O que eu adoro em Montreal é essa mistura de modernidade da América do Norte, com prédios históricos europeus e uma cultura um tanto quando latina e multicultural. O bilinguismo (inglês e francês) também é algo muito especial em Montreal, certamente uma cidade que representa bem o bilinguismo canadense, assim como Ottawa e algumas outras cidades da região do Atlantic Canada.

Aliás, se estiver pensando em fazer intercâmbio no Canadá, lembre-se que sou consultora educacional especializada no Canadá, será um prazer ajudá-lo(a).

Depois me conta o que achou de Montreal, combinado? E quando for reservar seu hotel, use nosso link do Booking.com, ganhamos uma pequena comissão a cada reserva concluída e isso nos ajuda a manter o blog! Obrigada

Continue lendo aqui no Viajoteca:

Leia neste Artigo:

Tours Viajoteca

Conheça nossos tours e passeios exclusivos e privados, com guias e motoristas que falam português!
OFICIAL

Uma resposta

  1. Prezada Mirella, você conhece o Le Nouvel Hotel? Me pareceu muito bom, mas não está na sua lista nem consegui identifcar ainda se fica no Centro (Centre-Ville).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.