Catacumbas de Paris

CATACUMBAS DE PARIS – O LADO SOMBRIO MAIS FASCINANTE DE PARIS

De fato, muitos são os turistas que procuram descobrir Paris de uma maneira diferente. Neste caso, as atrações diferentes ganham muitos pontos e são sempre procuradas. Fora que ainda permitem oferecer uma experiência única. Certamente, visitar as Catacumbas de Paris é a atividade incomum mais famosa da capital.

Apesar das inúmeras opções de passeios e entretenimentos que encontramos em Paris, chega um momento em que os turistas mais assíduos querem fugir um pouco do padrão e conhecer coisas novas. Ou simplesmente é a primeira vez na cidade, mas não querem fazer os pontos turísticos que todos fazem. Afinal, acredito que um pouco de originalidade não faz mal a ninguém.

Claro que sem perder os monumentos mais famosos, que sempre fazem parte da viagem! Mas quem visita Paris acaba voltando em algum momento e quer ver coisas novas. Pois Paris, seja por suas belezas infinitas ou pelas surpresas, é uma cidade incrível e que tem muito a oferecer. Então, um dos passeios que sai do tradicional circuito parisiense e que agrada turistas de todo o mundo, são as Catacumbas de Paris.


LEIA TAMBÉM:


Catacumbas de Paris

Primeiramente, não julgue pelo nome! Apesar de soar um pouco macabro (que no fundo é…), o passeio pelas Catacumbas de Paris é uma boa aventura. Mas eu que amo esse tipo de passeio, acho bem de boa e acredito que a maioria das pessoas vai curtir. Pois você sairá da visita impressionado com toda a história do lugar, que conta muito sobre a história da Europa.

Les Catacumbes Shutterstock
Foto Shutterstock | De TK Kurikawa

Afinal, o que são as Catacumbas de Paris?

As Catacumbas de Paris são uma série de túneis subterrâneos que abrigam inúmeras ossadas. O número estimado de ossadas depositadas ali varia de 5 a 7 milhões de pessoas. Algo bem inacreditável e surreal. Dessa forma, as Catacumbas de Paris propõem uma visita única ao mundo. Por isso que a fila na entrada geralmente leva várias horas

O que são as Catacumbas de Paris?

As Catacumbas de Paris são um labirinto gigante subterrâneo no centro de Paris. A 20 metros de profundidade, dispostos em galerias de pedreiras antigas, que recebe o maior ossuário do mundo! 
.

Quanto tempo para visitar as Catacumbas de Paris?

A visita dura entre 1h e 1h30. Mas conte também com o tempo de espera na fila que é de no mínimo 2h se você comprar a entrada na hora. Entretanto você pode comprar o bilhete fura a fila aqui.

Quem não deve visitar as Catacumbas de Paris?

A visita é desaconselhada às gestantes, às pessoas com insuficiências cardíacas ou respiratórias, assim como às pessoas que sofrem de claustrofobia e aos visitantes que podem ser perturbados pelo local. Em particular os jovens e crianças devem estar imperativamente acompanhadas por um adulto.
.


Você está planejando uma viagem para a França e precisa de um serviço de transfer em Paris? Chegou no lugar certo! Pois, nós aqui do Viajoteca, temos parceria com motoristas em Paris e super recomendamos. Dessa forma, podemos agendar para você traslados do aeroporto, transfer dentro de Paris e passeios por toda região!

Os motoristas são pessoas de total confiança e por isso eles fazem parte da na nossa lista seleta de Parceiros dos Tours Viajoteca. Inclusive, também oferecemos passeios, tours e transfer em cidades como Toronto (Canadá), Lisboa (Portugal), Madrid e Barcelona (Espanha).

Os motoristas brasileiros em Paris garantem conforto, segurança e tranquilidade para sua viagem em Paris. Vivem no país há muitos anos e podem compartilhar muitas dicas e te levar para todos os lugares.

Peça sua cotação sem compromisso: por e-mail ( tours@viajoteca.com ) ou WhatsApp (clique aqui para nos enviar uma mensagem)!


História

Oficialmente chamadas de “Ossuário Municipal“, as Catacumbas de Paris são parte de um complexo sistema de túneis e cavernas existentes no subsolo de Paris. Estes túneis foram formados devido o longo tempo de exploração das pedreiras no tempo da ocupação romana.

Inclusive os túneis eram utilizados para a extração de calcário, que foram utilizados na construção de obras e monumentos na cidade. O nome oficial deste conjunto de túneis é “Les Carrières de Paris“. Mas as catacumbas em si ocupam somente uma parte da extensão desses túneis (1.7 km), que chegam a mais de 400 km de extensão.

ATENÇÃO!! SEGURO VIAGEM EUROPA

Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Além de você não correr o risco de ser deportado (sim, isso acontece muito mais do que a gente imagina), você estará protegido se algo de ruim acontecer. Infelizmente imprevistos acontecem e temos que estar preparados. Mas saiba que nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar.

Você ainda está na dúvida se precisa ou não? Então, tire todas as suas dúvidas aqui >> SEGURO VIAGEM É IMPRESCINDÍVEL?

>>FAÇA AQUI A COTAÇÃO DO SEU SEGURO VIAGEM EUROPA

E como “nasceu” a ideia das Catacumbas de Paris?

A necessidade de usar o subsolo como depósito de ossadas humanas veio da superlotação dos cemitérios da cidade por volta da metade do século XVIII. Os cemitérios eram parte integrante da maioria das igrejas de Paris, e isso ainda é bem perceptível em igrejas que tiveram seus terrenos conservados até hoje.

Mas mesmo com a grande quantidade de cemitérios em Paris, a superlotação aconteceu devido a anos de guerras, epidemias e crescimento populacional. Naturalmente, isso levou a uma grande preocupação da população. Já que sepulturas eram abertas e restos mortais expostos ao ar livre assim ficavam. Por certo, isto acabava gerando uma situação de completo descaso.

Ossuário de Paris

Imagine a população ter que reclamar do cheiro forte de carne em decomposição. Sem esquecer da propagação de doenças nas redondezas. Ainda tinha o problema com a contaminação dos reservatórios de água. Tudo isso acabou gerando um grande problema de saúde pública.

Então, resolveram remover inúmeros restos mortais que estavam em cemitérios e colocar nestes túneis que estavam desativados. Dessa forma, começaram a resolver o problema.

Os únicos corpos sepultados diretamente nas Catacumbas e que não vieram de outros cemitérios da cidade foram os mortos nos combates da Revolução Francesa:
– 28 e 29 de agosto de 1788, na praça do Hôtel de Ville de Paris;
– 28 de abril de 1789, na “Manufacture de Réveillon”;
– 10 de agosto de 1792, nas Tulherias.

O início oficial das Catacumbas

As primeiras ossadas levadas as Catacumbas de Paris saíram do cemitério “Saint-Nicolas-des-Champs” em 1786. No início, as Catacumbas serviram apenas como um depósito, onde as ossadas foram armazenadas sem qualquer organização. Entretanto, isso mudou no início de 1785, quando os ossos começaram a ser guardados de forma mais ordenada.

Mas foi somente durante império francês em 1810 que as famosas paredes de ossos foram se formando. Atualmente o que vemos tem uma disposição meio que “artística“. Pois os corredores são adornados por ossos grandes como fêmures e crânios, que causam arrepios e muita curiosidade nos visitantes.

Abertura das Catacumbas de Paris

Foi em 1787 que o primeiro visitante conseguiu descobrir as Catacumbas de Paris. Na época, as visitas aconteciam de modo privado. Eu acho muito surreal já ter tanto tempo assim que as pessoas visitam esta atração. Então em 1806 as primeiras visitas públicas começaram a ser organizadas em determinadas datas especiais, mas para poucas pessoas. 

Com o passar das décadas, as visitas se multiplicaram e as instalações do local também. De tempos em tempos o lugar era fechado ao público, mas as Catacumbas sempre foram reabertas. Sendo que até 1972 as visitas eram realizadas à luz de velas (o que deveria ser incrível!). Somente em 1983 a eletricidade chegou no local e turistas de todo o mundo começaram a visitar as Catacumbas. Com isso, o local acabou ganhando reputação muito rápido e procura foi ficando cada vez maior.

entrada da Catacumbas de Paris

Durante toda sua história as galerias subterrâneas foram marcadas por desabamentos e instabilidades dos túneis. Então, a área das Catacumbas foi totalmente revitalizada e vários trechos passaram por obras de reforço para garantir a segurança das construções acima. E também lógico, de todos os visitantes.

Por fim, em 2017, as Catacumbas de Paris ganharam um novo visual. Novas instalações surgiram e permitem melhor gerenciamento dos visitantes, incluindo o desenvolvimento de uma nova saída. Banheiros também apareceram para o conforto dos turistas.

Como é a visita as Catacumbas de Paris

Primeiramente e sendo bem honesta, tem uma fila enorme da bilheteria assim que abre. Mas se você quer uma dica amiga, compre aqui a entrada antecipada e fure a fila. É o melhor que você tem a fazer, vai por mim! Custa um pouco mais caro, mas te poupa mais de 1h de fila embaixo do sol escaldante ou da chuva em Paris.

As catacumbas ocupam um total de 1,7 km de túneis e estão a um pouco mais de 20 metros de profundidade.

Você já começa descendo uma escada, até chegar ao nível das catacumbas. São 130 degraus para descer já no início do percurso. Mas como dizem, para baixo todo Santo ajuda. Não tem visita guiada todos os dias (somente às quinta-feiras), mas não se preocupe, é muito fácil. Para te ajudar, você pode pegar um áudio-guia. É só seguir o caminho, não tem erro. O percurso total do passeio pelas Catacumbas de Paris geralmente é feito entre 1h e 1h30. Vai depender muito das paradas que fará pelo caminho.

Escada das Catacumbas

A primeira parte da caminhada é feita num trecho da antiga mina. É uma passagem bem interessante, tentando imaginar como era tudo antigamente. O corredor é logo e bem estreito, péssimo para quem não gosta de lugares fechados e apertados. Já começamos nos ambientando com as marcações nas pedras com datas e nomes de ruas.

Vamos olhando aqui e ali e quando vemos, finalmente chegamos à entrada das Catacumbas. Chegamos perto da porta e tem uma frase. Então é nesse momento que todos piram e os pelinhos do braço arrepiam.

Entrada da Catacumbas de Paris

“Arrete! C’est ici l’empire de la mort”
(Pare! Aqui é o império da morte)


Eu te digo, realmente é de arrepiar quando entramos. Milhares e milhares de ossos, principalmente crânios e fêmures estão espalhados pela sala. Mas não pensem que é um espalhado desarrumado, estão “quase” todos eles se encaixando como um quebra cabeça. Alguns ossos até tentam passar uma mensagem poética, como o coração formado com crânios.

Os locais onde foram colocados os ossos seguiu uma ordem lógica. Inclusive, tem informações nas pedras alertando. Assim fica fácil saber de qual cemitério ou igreja de Paris que os ossos vieram.

Ossuário de Paris

Entre as coisas mais impressionantes para ver durante a sua visita está a Galeria dos Ossos. Este salão tem 800 metros de comprimento e os ossos cobrem as paredes do chão ao teto. Aliás, entre os ossos ali expostos estão os de celebridades da história da França. Dessa forma, esteja preparado para ver os ossos de Charles e Claude Perrault, Rabelais, assim como Racine e Colbert. Mas além destes também estão os ossos de Robespierre, Danton, Camille Desmoulins!

Galeria dos Ossos
Ossuário de Paris 1879

Uma parte que me chamou até mais atenção do que os ossos foram as placas com frases sobre a morte. Durante todo o percurso do passeio é possível ver diferentes inscrições e pinturas nas paredes. São frases e datas que fazem referência ao reino dos mortos. Pode parecer bizarro, mas faz muito sentido ler elas exatamente ali. Só prova que a vida é um sopro. Literalmente!

Saída da Catacumbas

E para fechar com chave de ouro, antes dos 85 degraus que você terá que subir para sair do local (pois a entrada e a saída são em lugares diferentes) não deixe de olhar para o alto da porta da saída do Ossuário. Temos outra frase “motivacional”.


“Non Metuit Mortem Qui Scit Contemnere Vitam”
(Não teme a morte quem sabe desprezar a vida)


Como evitar filas na entrada das Catacumbas de Paris?

Você se interessou em conhecer as Catacumbas de Paris mas não quer pegar a fila imensa? Então tenho algumas informações para te dar. Primeiramente, a informação mais importante é que o número de visitantes é limitado a 200 pessoas ao mesmo tempo. Então você entenderá que para visitar as Catacumbas de Paris, tem que estar preparado para ficar na fila umas boas horas. Inclusive, pode ser que você tenha que tentar a sorte várias vezes antes de poder fazer a visita.

A grande certeza é que se você não tiver um ingresso, certamente terá que fazer pelo menos 1h30 de fila sem garantia de poder entrar. Não, eu não estou exagerando. O lugar é realmente bem visitado e em geral o tempo de espera mínimo é de 1h30!!! 

Fila na Catacumba Paris

Como fazer?

Alguns vão te aconselhar a chegar de manhã cedo. Realmente esta é uma opção. Como as Catacumbas abrem as portas às 09h45 até não parece que a gente tem de madrugar. Entretanto, não é esta a realidade. De fato, na teoria é muito fácil, mas na prática não é. Afinal, você precisará chegar 1h30 antes da abertura das Catacumbas. Ou seja, você vai precisar chegar lá pelas 08 da manhã para desfrutar de uma visita tranquila. Mas no fim, você ficará na para poder entrar no horário de abertura.

Então, se você deseja otimizar seus dias em Paris e especialmente, não quer perder seu tempo, o melhor que você tem a fazer é comprar o ingresso antecipado e furar a fila da bilheteria. Ó, dica de quem já viu esta fila dar volta no quarteirão inúmeras vezes, tá?!

Por outro lado, o preço do ingresso é mais caro do que se você comprar no local. Mas eu acho que esses euros a mais compensam muito. Só não precisar ficar horas na fila já vale cada centavo. Mas além disso, você não ficará fila e ainda terá a garantia de visitar as Catacumbas de Paris. Fora que o tempo economizado permitirá que você visite outra coisa. Eu recomendo fortemente que você compre os ingressos antecipadamente, se possível.

Curiosidades sobre as Catacumbas de Paris

  • Na obra “Os Miseráveis“, Victor Hugo expressou todo o seu conhecimento do local ao retratar passagens da história que se passam nas catacumbas.
  • Existe um grupo de pessoas aficionadas com os subterrâneos de Paris. Eles chegam a desafiar as normas locais e exploram ilegalmente as galerias subterrâneas, além dos limites do ossuário municipal. São aventureiros de fim de semana chamados de “cataphiles“.
  • No romance “O Pêndulo de Foucault” de Umberto Eco, as Catacumbas de Paris dão a localização de um pergaminho dos cavaleiros templários.
  • Durante a Segunda Guerra Mundial, as catacumbas foram fortemente utilizadas, tanto por alemães, quanto pela resistência francesa. E que bom que ela continua inteira e “viva”.

Dicas e Informações Gerais

Informações importantes sobre mobilidade

  • Pessoas cegas ou com deficiência visual podem visitar as Catacumbas, mas devem estar acompanhadas. Cães guia são permitidos, além do guia. 
  • O passeio não é indicado para pessoas sensíveis. Lembre-se que são ossadas humanas que decoram os corredores e salas das catacumbas. Se você tiver algum problema com isso, eu recomendo você evitar o passeio.
  • Se você for claustrofóbico também não aconselho. É no subterrâneo, em algumas partes fica bem apertadinho e o teto é baixo. O mesmo vale para pessoas com dificuldades respiratórias e com problemas cardíacos. Afinal são vários metros abaixo da superfície, em corredores não muito espaçosos.
  • Outra restrição importante se refere a mobilidade. Devido a quantidade de degraus já no acesso e a falta de acessibilidade (como elevador), o passeio não é indicado para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência física.
Entrada Catacumba

Informações importantes sobre vestuário

  • São mais de 100 degraus entre a entrada e a saída da atração, então o ideal, para aproveitar o passeio, é usar calçados adequados e confortáveis. Nada de saltos, girls!!
  • Além dos calçados, o tipo de roupa também é bem importante, pois é um local subterrâneo. Então, lá embaixo é úmido e frio, com uma temperatura média de 14°C. Pode não parecer grande coisa, mas um bom agasalho é essencial para não passar apuros.
  • Outro fator a ser considerado é o limite de visitantes ao mesmo tempo no local. Apenas 200 pessoas podem estar simultaneamente lá dentro. Este é um dos fatores que contribuem para a formação de filas na entrada das Catacumbas.

Restrições durante o passeio

  • É proibido entrar com bolsas ou mochilas de grandes dimensões. O tamanho máximo permitido é de 40×30 cm. Esse é o tamanho de uma mochila escolar. Lembrando que o local não oferece a opção de guarda volumes.
  • Além disso, as bolsas e mochilas devem ser transportadas na frente ou carregadas na mão. Isso evita que o visitante atrapalhe outro turista ou esbarre em algo sem querer.
  • Usar tripés e outros equipamentos fotográficos é proibido para evitar transtornos a outros visitantes. Assim como não pode usar flash nas fotografias. Esse é um dos pontos mais importante: não pode usar flash quando for fotografar. Já regule sua máquina antes de entrar para evitar contratempos.
  • Obviamente é proibido encostar nos ossos durante a visita. Pois o estado de conservação da área é importante e muito sensível. Afinal, o menor contato pode deteriorar os artefatos facilmente.

Horário de funcionamento

  • As Catacumbas de Paris abrem de terça a domingo, das 09h45 às 20h30. 
  • A bilheteria fecha às 19h30, sendo este o último horário de acesso. 
  • O local fecha às segundas-feiras, 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

Preços para visitar as Catacumbas de Paris

  • Bilhete Fura-Fila on-line: 29€ (com guia de áudio incluído). Compre aqui.
  • 5€ para crianças.
  • Bilhete últimos-minutos: 15€ | tarifa reduzida de 13€. Sim, o preço é mais baixo, mas não se esqueça que possivelmente terá filas muito longas (falamos em horas) e você não sabe se conseguirá entrar.
  • Guia de áudio: 5€
  • Grátis: para menores de 18 anos e pessoas com deficiência.

Como ir às Catacumbas de Paris? Qual estação de metrô?

Endereço das Catacumbas de Paris: 1 Avenue Coronel Henri Rol-Tanguy (Praça Denfert-Rochereau) 75014 – Paris

A entrada das Catacombas fica na Place Denfert-Rochereau, então é muito fácil chegar lá com o transporte público de Paris. Aliás, a entrada fica bem em frente a saída do metrô. Você logo vai avistar a fila, não se apavore, é ali mesmo.

  • Metrô: estação Denfert-Rochereau (linhas 4 e 6)
  • RER: estação Denfert-Rochereau (RER B)
  • Ônibus: parada em Denfert-Rochereau (linhas 38 e 68, 88)
  • Estacionamentoveja a lista de estacionamentos perto das Catacumbas

Visitar as Catacumpas de Paris é simplesmente inesquecível! Assim como é indispensável para qualquer um que quer visitar Paris e fazer um passeio diferente. Não importa a época do ano, visitar as Catacumbas é aquela visita que ficará para sempre na lembrança.

Site: http://www.catacombes.paris.fr

Ótimo passeio!!

Tem alguma dúvida ainda? Ou quer nos contar como foi a sua experiência por lá? Então, conta pra gente ali nos comentários! Nós e nossos outros leitores vamos adorar saber suas impressões. 🙂

Leia neste Artigo:

Tours Viajoteca

Conheça nossos tours e passeios exclusivos e privados, com guias e motoristas que falam português!
OFICIAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.