O que fazer Ilhas Maurício capa

O que fazer nas Ilhas Maurício: praias e atrações imperdíveis

Procurando o que fazer nas Ilhas Maurício? Então, este é o post certo para você! E já começo te avisando que tem muita coisa bacana para fazer por lá! Claro que pular de praia em praia também faz parte da programação, mas você vai se espantar com a quantidade e variedade das atrações da ilha. As Ilhas Maurício têm tantas opções que o que vai faltar é tempo para poder conhecer e fazer tudo.

Então a palavra de ordem é se informar e se organizar. 😉 Mas aqui você vai encontrar todas as explicações e dicas que você precisa. Eu vou te contar sobre as melhores praias, lugares interessantes para visitar e atividades que você pode fazer. Seja sozinho, em casal ou em família. Vamos lá?! 🙂

Point d'Esny Ilhas Maurício
Point d’Esny Ilhas Maurício

Leia nossos outros posts sobre as Ilhas Maurício:


Primeiramente, quero deixar claro que as atividades que eu cito aqui neste post sobre o que fazer nas Ilhas Maurício são todas para a ilha de Maurícios, a principal. Afinal, é esta ilha que 99% dos turistas visitam. Maurícios é a maior ilha e onde fica o aeroporto internacional e a capital. Assim como, onde existe a maior oferta de hotéis e atividades.


ANTES DE MAIS NADA FAÇA SEU SEGURO DE VIAGEM

Este é um assunto de deve ser tratado com bastante cuidado antes de se iniciar uma viagem. Seja para qual for o destino, ter um seguro de viagem sempre é muito indicado, independentemente da idade do viajante. Entretanto, para destinos remotos, como é o caso de uma viagem para Maurícios, ter um seguro passa a ter uma importância ainda maior.

Não viaje sem seguro de viagem! >>> Faça o seu!

Apesar de Maurícios contar com estado sanitário satisfatório, em contrapartida as suas estruturas hospitalares são inadaptadas para receber pacientes que sofrem algum tipo de acidente ou de doença grave. Então, deve-se pensar seriamente em opções caso algo venha a acontecer. Não seja negligente com sua saúde e não conte só com a sorte. 😉


PRAIA

Claro que das coisas legais para fazer em Maurícios, ir para praia está no topo da lista! Afinal, 99% dos visitantes que vão para Maurícios querem saber de praia. Então, se tem um ponto que a ilha não desaponta de maneira nenhuma é no quesito praias lindas. Seja no Norte turístico, ou no Sul incomum e belo, você vai achar uma praia que te faça suspirar. A grande maioria tem areias brancas e finas e águas transparentes, criando cenários de sonhos. Ainda, você encontra árvores e muita sombra até quase na beira da água. Pois como a ilha é toda muito arborizada, eles mantiveram a flora preservada até na praia. Dessa forma, você nem precisa se preocupar em ter um guarda-sol, você sempre vai achar uma sombrinha pra chamar de sua!

A ilha de Maurício é quase toda cercada por uma barreira natural de corais, que faz com suas praias não sejam de mar aberto. Dessa forma, grande parte delas são grandes piscinas de águas incrivelmente azuis. Entretanto, estes mesmos corais estão presentes em muitas delas e temos de prestar atenção durante o banho.

Ainda a gente encontra praias como Gris Gris, que é lindíssima, mas perigosa para o banho devido as fortes ondas. Estas praias não têm a barreira de corais protegendo e as ondas chegam grandes na beira.

PRAIAS PÚBLICAS

Um conceito interessante ao pesquisar sobre o que fazer nas Ilhas Maurício é se inteirar sobre as praias públicas. Pois em Maurícios, você vai encontrar em muitos lugares de áreas designadas como “Praia Pública”.

Todos podem ter acesso a todas as praias de Maurícios. Ao contrário de outros países, onde muitos resorts, hotéis e residências fecham praias e as tornam exclusivas. Então para assegurar este direito ao povo e não deixarem que resorts se “adonem” das praias, eles criaram uma área dentro das praias chamada “praia pública”. Assim sendo, esta é a parte da praia por onde todos tem como chegar nas praias e permite que as pessoas a usufruam.

Explicando melhor, este é um trecho da praia onde não tem nenhum hotel ou residências e dão direto na areia e no mar. Já que bem ao lado da maioria das praias públicas ficam hotéis e resorts. Então, bem ao lado da praia pública estão as estruturas privadas destes hotéis e que não podem ser usadas por não-hóspedes. Assim sendo, se você não é hóspede do hotel, você não pode sentar nas cadeiras e guarda-sóis na areia, mas pode usufruir da praia. 😉

A praia pública dá direto para praia e ali tem estacionamento (sempre gratuito). Algumas vezes, as praias públicas também têm facilidades como carrinhos de lanches, mesas, bancos, banheiros e duchas. Em algumas é possível até alugar cadeiras e guarda-sol, o que nem sempre é necessário, já que as praias costumam ter muitas árvores até bem próximo da beira. Certamente não são todas as praias públicas que oferecem todos estes confortos, mas as mais famosas e visitadas têm.

Le Morne Mauricios Praia Pública
Praia pública – Le Morne

ONDE ENCONTRAR AS MELHORES PRAIAS

Norte e Noroeste

Como eu mencionei, a ilha toda tem praias lindas e boas para banho. Entretanto, a maioria dos turistas fica no Norte e Noroeste da ilha. Isto não é sem motivo. Nestas regiões, o vento bate com menos intensidade durante o ano todo e as praias são protegidas por barreiras de corais. A grande maioria das praias aqui tem uma ótima estrutura, com muitas árvores na beira mar, carrinhos de lanches e estacionamentos. Assim como facilidades tais quais banheiros e duchas.

Não deixe de conhecer Péreybère, Mont Choisy, Trou aux Biches, Cap Malheureux, Pointe aux Canonniers, Bain Boeuf. Ainda visite um dos locais mais populares do Norte: a igreja de telhado vermelho Notre-Dame Auxiliatrice, em Cap Malheureux. Ela é um dos cartões postais das Ilhas Maurício. Também visite o maior templo hindu da ilha, o Maheshwarnath Mandir em Triolet. Ele é dedicado a Shiva e faz parte do Patrimônio Cultural de Maurícios.

No entanto, eu achei esta região toda muito muvucada e sem personalidade. Apesar de ter vários restaurantes, lojas, bons hotéis e opções de hospedagem, eu não gostaria de passar minhas férias por ali. Mas esta sou eu. Pois a região também com algumas hospedagens excelentes e que são exclusivas, como 20 Degrees Sud e Royal Palm Beachcomber Luxury. Então, saiba que se você não quer ficar em resort e não quer alugar carro, esta é a região perfeita para você.

Para descobrir onde ficar nas Ilhas Maurício, dê uma olhada no post abaixo.

+ ONDE FICAR NAS ILHAS MAURÍCIO

Boas opções nesta região são:

Grand Baie este é o centro turístico da ilha e a mais muvucada, pois é muito popular entre os turistas. Você encontra o que procura, seja nas lojas da orla, nos shoppings da região ou no bazar, que vai desde roupas, acessórios, artesanato, alimentação, entre outros. Como nome diz, ela é uma grande baía e ótima para crianças. Os barcos turísticos costumam ficar ancorados nessa região, então vários passeios partem daqui. Assim como a área é cheia de lojas, restaurantes e opções de lazer. Por fim, aqui você encontra hospedagens para todos os bolsos.

Cap Malheureux – uma pequena vila de pescadores no norte da ilha onde está a famosa igrejinha. Sabe aquele lugar que você vai encontrar em todas as listas do que fazer nas Ilhas Maurício? Pois é, aquela foto que você vai ter de fazer. Todavia a praia é supertranquila e com vista para pequenas ilhas.

Mont Choisy – ótima praia para crianças, com bastante árvores e estacionamento gigante. Certamente uma das melhores e mais belas opções nesta região. Eu escolheria esta praia para me hospedar, se no meu bolso não passar as opções de luxo da região (que são várias, diga-se!).

Trou Aux Biches – outra praia de areias brancas e com bastante árvores. Bom lugar para a prática de snorkelling.

Péreybère – uma boa praia pública para banhos e com boa área comercial com bares e restaurantes. Achei esta praia mais interessante que Grand Baie, por exemplo.

Grand Baie Mauricios
Grand Baie

Encontre os melhores hotéis no Norte de Maurícios:

Booking.com

Oeste

Para quem quer fugir um pouco da muvucada região norte, mas ainda assim ter estrutura fácil, recomendo esta região, pois tem boas opções.

Flic-en-Flac – esta é a praia mais famosa e com melhor estrutura no lado oeste. Pois é conhecida por sua bela praia com casuarinas que se estende por alguns quilômetros, mas também por seus muitos restaurantes e sua vida noturna. Sobretudo, a praia é enorme e muito boa, sua parte mais sul é conhecida como Wolmar. Ainda possui boa infraestrutura turística, mas com mais espaço que no Norte. Então não deixe de descobrir a comida de rua local nos muitos food trucks da praia ou experimente um dos restaurantes ao longo da rua.

Sem dúvida, das praias com mais estrutura da ilha que eu conheci, seria ela que eu a escolheria. Pois tem tudo que se precisa e por ter bastante espaço, não é muito muvucada. Fora o pôr do sol lindo!

Flic en Flac Ilhas Maurícios
Flic en Flac
Outras boas opções nesta região são:

Baía de Tamarin – esta é a região perfeita para a prática do surf quase todo o ano, devido suas ondas. A praia é cortada por um rio e tem as águas um pouco mais geladas. Mas ainda ela é uma praia bem legal e a estrutura é boa.

Le Preneuse – esta é uma praia mais residencial, cheia de casas de aluguel. Apesar de ter uma faixa de areia mais estreita, a praia é boa para crianças e tem uma estrutura razoável na região.

Case Noyale e La Gaulette– estas pequenas vilas de pescadores atraem os praticantes de kitesurf por sua proximidade com o mar e pelas casas para alugar com preços mais acessíveis. Ainda é um lugar deslumbrante para fotografar ao pôr do sol. A Ilha de Benitiers pode ser alcançada a partir de um passeio saindo de La Gaulette. Então, observe os golfinhos, mergulhe ao lado do Crystal Rock e desfrute de um belo churrasco típico na ilha.

Sul

Cheias de praias lindas e menos exploradas, é aqui que estão as maiores belezas de Maurícios. Então, passear por esta região é uma das coisas legais para fazer em nas Ilhas Maurício. Aqui você até encontra alguns resorts, mas não tanto como em outras regiões. O Sul, junto com a região Sudeste é a região mais ensolarada e seca da ilha. Entretanto, é uma região onde o vento pode bater com intensidade em alguns períodos do ano. Por isso, a indicação é ficar aqui somente nas épocas indicadas ou se você está procurando por vento.

Boas opções nestas regiões são:

Le Morne – a minha queridinha na ilha! Linda demais, com uma beleza incomparável. Mas a região é mais remota e com poucas opções para bolsos mais modestos. Então, se você quer férias de sonho você pode procurar pelo incrível Paradis Beachcomber Golf Resort & Spa ou pelo LUX* Le Morne, por exemplo. Uma dica é se hospedar em Le Morne Village, que fica próximo e você encontra apartamentos para alugar. Mas você vai precisar de carro, se não for ficar nos hotéis estonteantes da região. O lugar ideal para quem quer praticar windsurf ou kite.

La Prairie – bem próxima de Le Morne Village, no Sul, esta prainha é uma beleza para as crianças.

St. Felix – entre as vilasde Soulliac e Bel Ombre, esta ótima praia é de fácil acesso. A praia tem areia branca e é ladeada por árvores. Embora tenha um pouco de corrente, ela é perfeita para relaxar, tomar sol e mergulhar.

Bel Ombre – aqui as Ilhas Maurício mostram seu lado luxuoso. Então você encontra alguns hotéis de 5 estrelas, grandes casas para alugar e praias de sonho mantidas com apuro. Os arredores são montanhas verdes, de onde se tem vistas maravilhosas da água azul-turquesa do mar. Provavelmente é daí que vem o nome do lugar, pois Bel Ombre significa “bela sombra” em francês.

Só para apreciar:

Le Gris Gris – a costa aqui é mais acidentada e selvagem do que em qualquer outro lugar da ilha. Por isso, esta bela praia não é adequada para nadar, pois não é protegida por recifes, tornando a água agitada e cheia de grandes ondas. Mas aqui você pode observar um espetáculo natural diferente e ver o que mais o Oceano Índico tem a oferecer. A praia de Gris Gris tem uma paisagem espetacular que você não verá em nenhuma outra praia das Ilhas Maurício.

Sudeste

Blue Bay – é um dos lugares mais fascinantes das Ilhas Maurício. Está localizada a sudeste da ilha, bem próxima ao aeroporto. Resumidamente, esta é uma grande baía, de águas cristalinas e natureza intocada. A região toda é linda e com boa estrutura. Certamente, uma boa escolha para famílias.

Point d’Esny – uma das praias mais bonitas da ilha! Sim, é verdade. O lugar é a mistura perfeita de praia de sonho deserta, águas cristalinas e recifes de coral. Mas achar a entrada para a praia é um pouco difícil, já que tem somente uma pequena placa mostrando um logo corredor entre casas. Então, esteja atento ao procurar pela entrada, onde tem uma placa que diz “Acesso à praia”.

Point d'Esny Mauricios
Point d’Esny

Leste

Belle Mare, Palmar, Trou d’Eau Douce, Poste Lafayette e Roches Noires são as praias a visitar quando visita a região. Assim como o vilarejo de Flacq também é um local interessante, pois é cheia de vida e representa bem a população maurícia e sua vivacidade. Flacq é um caldeirão cultural, você vai adorar passear pelas ruas, especialmente em um dia de mercado.

Belle Mare – esta é outra praia que ganhou meu coração. Uma extensa faixa de 5 km com areia fina, muito verde e um impressionante mar azulado. Nós alugamos um apartamento incrível em Belle Mare, mas a praia tem vários resorts de luxo à beira-mar. Inclusive, aqui fica o melhor campo de Golfe de toda Maurícios. Uma dica: o nascer do sol em Belle Mare é um espetáculo natural especial.

Belle Mare o que fazer Ilhas Maurício
Belle Mare

Roches Noires Beach – uma praia ligeiramente diferente, pois a areia branca repleta de conchas é interrompida em vários lugares por pilhas de rochas de lava negra. Lá está uma ótima opção de hospedagem, o Radisson Blu Azuri Resort & Spa.

AS 10 PRAIAS MAIS BONITAS

  • Le Morne
  • Belle Mare
  • Gris Gris
  • Point d’Esny
  • Blue Bay
  • Public Beach St. Felix
  • Île Aux Cerfs
  • Mont Choisy
  • Trou aux Biches
  • Tamarin Beach


Chip de celular!

Use nosso cupom: VIAJOTECA e garanta pelo menos 15% de desconto na compra do seu chip de celular com “O Meu Chip“! Super dica! (O valor do desconto aparece somente depois do pedido, antes de efetuar o pagamento).

Chip de celular - cupom de desconto 15%

MELHORES PRAIAS PARA CRIANÇAS

  • Grand Baie
  • Pereybére
  • Mont Choisy
  • Trou aux Biches
  • Flic n Flac
  • Tamarin Beach
  • Le Preneuse
  • Le Morne
  • La Prairie
  • Point d’Esny
  • Blue Bay
  • Belle Mare
Le Preneuse o que fazer Ilhas Maurício
Le Preneuse

LUGARES PARA VISITAR NAS ILHAS MAURÍCIO

A ilha de Maurícios tem várias atrações interessantes como parques nacionais, jardim botânico, templos, museus e sua capital Port Louis. Abaixo segue uma lista de algumas atrações espalhadas pela ilha e que você pode incluir na sua viagem.

A CAPITAL PORT LOUIS

A cidade de Port Louis é a capital do arquipélago. Com traços arquitetônicos franceses, essa cidade fundada em 1753 oferece as mais diferentes atrações turísticas. Por lá, você vai poder se encantar ainda mais com a arquitetura e a cultura local, fora que ainda mantém algumas construções de época colonial intactas, como o forte Adelaide com vista para toda a cidade. Além disso, você pode passear pelas lojas e se deliciar com os restaurantes espalhados pela orla, que reúne lojas e restaurantes com culinária típica e internacional. Inclusive, você ainda pode conhecer pontos turísticos importantes e interessantes sobre a história do país.

Atrações da cidade:

Le Caudan Waterfront

O Caudan Waterfront é o moderno bairro comercial de Port Louis. Inaugurado em 1996, ele fica de frente para uma baía e conta com muitas lojas, bares, restaurantes e terraços. Não deixe de ver a galeria comercial com guarda-chuvas coloridos cobrindo-a.

O Caudan Waterfront também abriga o Museu Blue Penny.

Museu Blue Penny

O museu conta a história da ilha, mas a maioria dos visitantes vem aqui para ver o selo postal mais famoso do mundo: o azul Maurício! O Blue Penny pode ser visto aqui, bem como o pouco menos valioso Red Penny. Fecha aos domingos. Entrada: 245 MUR | cerca de €5,50 adultos.

Mercado Central

Aqui você encontrará frutas e legumes, temperos locais, especiarias e chás. Além disso, tem lembrancinhas e peças de artesanato.

Aapravasi Ghat

O Aapravasi Ghat, junto com a montanha Le Morne Brabant, são os únicos Patrimônios Mundiais da Unesco nas Ilhas Maurício. No entanto, ele está mais conectado à história do país do que quase qualquer outro lugar da ilha. Aapravasi Ghat é uma grande área com várias construções de pedra do período da colonização britânica. Sobretudo foi onde mais de meio milhão de trabalhadores chegaram entre 1849 e 1923 para trabalhar nas plantações de açúcar inglesas. Uma grande parte da população mauriciana é descendente destes trabalhadores, que vieram em grande parte da Índia e muitas vezes trabalhavam e viviam em condições miseráveis.

Apenas algumas paredes de fundação do antigo complexo de edifícios no porto permanecem em pé. Mas há também uma exposição muito interessante que traz informações sobre a história dos trabalhadores. Entrada gratuita. Fechado aos domingos.

Forte Adelaida

O Forte Adelaide, ou “Cidadela”, era usado como ponto de observação nos séculos passados. Atualmente funciona como um dos principais mirantes da cidade, de onde podemos ter uma vista incrível de Port Louis. A subida de 15 a 20 minutos até o topo vale a pena pela bela vista que se estende por toda a cidade lá de cima.

Champ de Mars

Este é o hipódromo mais antigo do Hemisfério Sul e o segundo mais antigo do mundo. Desde 1812 são realizadas corridas de cavalos aqui! A pista tem um comprimento de 1300 metros e entre maio e novembro todos os sábados têm corridas acontecendo. Portanto, milhares de moradores vão tentam a sorte nas apostas nas 8 corridas em cada dia de corrida. Começa às 12h30, a última corrida é às 17h.

Teatro Municipal

Um dos mais antigos do oceano Índico.

Eureka

O sul de Port Louis está a mansão colonial Eureka. Atualmente esta casa original da nobreza inglesa é um museu que dá uma grande visão sobre a vida das pessoas privilegiadas da época. Atrás da casa tem um caminho rochoso que leva a uma pequena cachoeira. Entrada: 300 MRU (aprox. €8).

Port Louis Mauricios shane paulsen por Pixabay
Port Louis / Foto: shane paulsen por Pixabay

O QUE FAZER NAS ILHAS MAURÍCIO – NORTE

Igrejinha de Cap Malheureux

A grande atração aqui é a capela católica com um impressionante telhado vermelho, que é um motivo frequente nos cartões postais ou fotografias da ilha. A Chapelle Notre-Dame-Auxiliatrice é bonitinha, apesar de nada de excepcional. Mas a parada vale a pena pela praia boa para um mergulho. Caso você queira fazer um passeio guiado pelo Norte da Ilha e ver a igrejinha, este aqui é uma boa opção.

Jardins de Pamplemousses – Sir Seewoosagur Ramgoolam Botanical Garden

Este jardim botânico foi declarado Patrimônio Nacional e incluso na lista dos dez mais belos jardins de todo o mundo. Além disso, ele é o jardim botânico mais antigo do Hemisfério Sul e o primeiro jardim botânico tropical do mundo. O parque tem uma área com 37 hectares e abriga 500 espécies de plantas, sendo 80 tipos de palmeiras. Ainda podemos ver a famosa Talipot, que floresce somente quando a palmeira tem entre 40 e 70 anos de idade e morre no espaço de cinco anos. Certamente, tudo no parque é incrivelmente verde e com muitas áreas de água. Um passeio bem legal que passa por ele e outros lugares bem legais, é este aqui. Entrada: não mauricianos pagam 300 MRU (aprox. €8).

pamplemousse-garden o que fazer Ilhas Maurício Nici Keil por Pixabay
Pamplemousses Garden / Foto: Nici Keil por Pixabay

Château de Labourdonnais

Esta é uma vila clássica colonial que foi cuidadosamente restaurada e conta muito sobre a história da ilha. Ainda tem uma grande e bonito jardim com um simpático café/restaurante. Para os amantes de rum, a visita inclui uma degustação de rum, que também é produzido na ilha. Um tour que passa por lá é este aqui. Entrada: €12.

Templo Maheswarnath Mandir

Cerca de metade da população de Maurícios é hindu, e é por isso que existem vários templos hindus coloridos para descobrir na ilha. Entretanto, o maior e mais antigo desses templos está localizado no noroeste da ilha, em Triolet. Definitivamente uma das coisas legais para fazer em Maurícios, porque o templo é realmente muito bonito. Entrada: gratuita.

O QUE FAZER NAS ILHAS MAURÍCIO – CENTRO E SUL

Trou aux Cerfs

Maurício é uma ilha cheia de atrações turísticas naturais, dessa forma os seus vulcões que fascinam e atraem visitantes. Um dos mais famosos é a Cratera Trou aux Cerfs, que é um vulcão adormecido localizado no centro da ilha. Dizem que ele entrou em erupção apenas uma vez e está adormecido há 600 mil anos!

A visita é bem interessante, pois além de caminhar ao redor da cratera de 300 metros de diâmetro e 85 metros de profundidade, tem a vista arrasadora lá de cima. Afinal, a cratera está a 650 metros de altitude e de lá se tem uma vista linda da região. Dica: leve uma blusinha, pois a temperatura cai durante a subida.

Você também pode chegar lá com uma excursão também. Veja aqui.

Montanha Le Morne Brabant

A Montanha Le Morne é o cartão-postal da ilha e Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2008. Realmente a vista da montanha impressiona e enfeita a região de forma incrível. Eu não conseguia tirar os olhos dela e parar de bater fotos. A montanha fica no extremo sudoeste da ilha e é paredão rochoso de 556 metros de altura. Entretanto, ela entrou para história não por ser bonita, e sim porque no passado muitos escravos fugiam e subiam até o seu topo para se esconder. Na menor ameaça de serem recapturados, eles se jogavam lá do alto.

É possível fazer uma trilha de nível médio e subir na montanha, que fica aberta entre 08 e 16 horas. No caminho tem cavernas e espécies de plantas raras, além de vistas de tirar o fôlego. Aliás, lá de cima é possível ver a famosa cachoeira submarina no mar em frente à praia de Le Morne! Outra opção de ver a cachoeira, só fazendo um passeio de helicóptero.

O que fazer Ilhas Maurício Cachoeira Xavier Coiffic Unsplash
Observe a cachoeira submarina em Le Morne! (Foto: Xavier Coiffic / Unsplash)

Île aux Benitiers e a Crystal Rock

Bem próximo da praia de Le Morne está a pequena e belíssima Île aux Benitiers. Ela só é acessível de barco e o passeio geralmente é feito casado para ver golfinhos e apreciar a Crystal Rock. Já a Crystal Rock é uma pedra no meio do mar esculpida pelo tempo. Junto com a montanha Le Morne ao fundo, ela forma um dos cenários mais lindos das Ilhas Maurícios.

Se você me perguntar o que fazer nas Ilhas Maurícios, eu vou te orientar a fazer este passeio. A gente alugou um barco e saímos cedo para ver os golfinhos. Quem desejar, pode descer do barco e tentar nadar com os golfinhos. Meu marido foi e amou! Eu achei a água gelada demais para mim. O passeio segue para mergulho perto de Le Morne e depois nos arredores da bela Crystal Rock. Por fim, fomos comer um típico churrasco mauriciano na Île aux Benitiers. Simplesmente sensacional!

>> Compre seu passeio para conhecer a Île aux Benitiers e a Crystal Rock aqui! <<

Crystal Rock o que fazer Ilhas Maurício
Crystal Rock

Parque Nacional Black River Gorges

O parque nacional ocupa uma enorme área no centro-sul de Maurícios e dentro dele estão várias atrações famosas da ilha. O parque fica numa propriedade privada, mas é aberto ao público e é um dos lugares mais impressionantes de todo o país. Inegavelmente, uma das grandes opções do que fazer na Ilhas Maurício.

O Parque Nacional Black River Gorges tem 6.576 hectares de montanha e floresta e abriga mais de 700 variedades de plantas, aves endêmicas e muitos outros animais selvagens, como macacos, cervos, javalis e muito mais. Para os amantes das trilhas, saibam que tem vários quilômetros (mais de 60 km) delas espalhadas pelos seus domínios. Mas a visita pode ser feita de carro, embora não dê chegar aos pontos mais incríveis assim, infelizmente. Então, sempre você vai precisar dar uma caminhadinha para ver as atrações.

A grande atração do parque é a montanha Piton de la Petite Rivière Noire, com 828 metros de altura. Aliás, ela é a mais alta do arquipélago. Com vários mirantes para olhar a paisagem e áreas de piquenique, você ainda pode ver cachoeiras, como a bela Alexandra Falls. Inclusive, um dos mirantes fica a cerca de 744 metros acima do nível do mar!

>> Faça um passeio pelo Parque Nacional Black River Gorges! <<

Alguns destaques da visita ao Black River Gorges NP
  • Vista do mirante e almoço com vista no Lakaz Chamarel
  • Geoparque Chamarel e Terra Sete Cores (entrada 250 MRU= aproximadamente €7)
  • Mirante Gorges (entrada livre)
  • Mirante Alexandra Falls (entrada livre)
  • Desvio para conhecer o Templo e Lago Grand Bassin (entrada livre)

Visita ao Black River Gorges NP

Não precisa pagar nenhuma taxa para entrar no parque, mas doações são bem-vindas. Entretanto, algumas atrações são pagas como a Terra de Sete Cores e a Cachoeira Chamarel.

Este parque nacional é tão grande que recomendam pelo menos 2 dias para conhecer esta reserva natural. Mas a grande maioria dos visitantes faz um passeio de meio ou de um dia ao Parque Nacional Black River Gorges e arredores. Contudo, você também pode optar por ficar em Chamarel, uma pequena vila no parque, famosa em todas as Ilhas Maurício pelos restaurantes incríveis. Inclusive, um dos pontos visitados e parada de almoço obrigatória é o Lakaz Chamarel, um lodge incrível.

chamarel Mauricios wurliburli por Pixabay
Cachoeira Chamarel / Foto: wurliburli por Pixabay
A melhor época para fazer trilhas no Parque Nacional Black River Gorges

Certamente, a melhor época de setembro a janeiro, pois a flora colorida está em plena floração. Além disso, as temperaturas ainda são agradáveis. Mas não que a visita não seja fortemente recomendada em outras épocas.

Geoparque Chamarel e Terra Sete Cores (Cachoeira Chamarel e Terra das Sete Cores)

Como mencionei acima, dentro do Parque Nacional Black River Gorges estão algumas grandes atrações da ilha. Daquelas que você tem de anotar na lista do que fazer nas Ilhas Maurício. E dentro delas, estão a Cachoeira Chamarel e a Terra das Sete Cores.

A Cachoeira Chamarel é a maior cachoeira da ilha e é uma queda d’água de 100 metros de altura. Para apreciar esta belezura, tem dois mirantes, sendo que o superior (acessível pelas escadas) é incrível.

>> Reserve aqui um tour guiado e privado pelo Geoparque Chamarel! <<

Já a Terra das Sete Cores tem um tipo de solo raro e colorido e que contrastam com a vegetação tropical ao redor. Esta formação geológica muito rara tem formas ondulantes que lembram dunas de praia. Conforme a explicação que li, ela se forma devido a concentração de metais no solo de origem vulcânica. Ou seja, ela surgiu devido a lava do vulcão Trou aux Cerfs. A área de cerca de 8,5 hectares vai mudando de cor, mas elas nunca se misturam, o que é incrível. Quando o sol brilha, a terra brilha em todos os tons naturais imagináveis, do ocre ao cinza, passando pelo marrom, amarelo, bege e ainda roxo e azul.

Dica: para você as cores mais intensas, as melhores horas do dia para visitar a Terra das Sete Cores são ao nascer e pôr do sol.

A visita ao parque é paga e a entrada custa 250 MRU para adultos (aprox. €7). Já para crianças entre 5-12 anos custa 150 MRU (aprox. €4).

>> Compre sua entrada do Geoparque Chamarel aqui! <<

o que fazer ilhas maurício-9436196 por Pixabay
Terra das Sete Cores

Lago e Templo de Grand Bassin

Outro lugar espetacular para sua lista do que fazer nas Ilhas Maurício é o Lago Grand Bassin. Junto dele está o famoso templo hindu de Grand Bassin, onde você pode ver a segunda maior estátua de Shiva do mundo!

>> Visite o Grand Bassin numa excursão. Clique aqui e compre o seu tour! <<

Lago Grand Bassin

Grand Bassin, ou Ganga Talao, na língua hindi, é uma cratera vulcânica coberta de água e que assim formou um lago considerado sagrado desde 1998. Por isso, este é um lugar de peregrinação para os hindus. O grande lago fica 600 metros acima do nível do mar e os fiéis acreditam que ele se comunica por debaixo da terra com o rio Ganges, na Índia. Inclusive, em 1972, algumas gotas da água do Ganges foram despejadas no lago para celebrar a união das águas. Visitar esta região foi uma das coisas legais para fazer em Maurícios, na minha opinião.

Templo Grand Bassin

Junto ao lago está o Templo Grand Bassin, dedicado a Shiva. O templo é todo cheio de superlativos e muito agradável, cheio de estátuas dos deuses. A começar pelas duas gigantes estátuas na entrada do Templo, com 33 metros de altura cada. Uma delas é a cópia da estátua de Shiva que está no lago de Sursagar, na Índia. Já a outra, é da deusa hindu Durga Maa Bhavani, esposa de Shiva.

Entre fevereiro e março acontece o festival de Maha Shivaratri, dedicado ao deus Shiva no templo. Então, neste dia cerca de 400 mil peregrinos caminham descalços de suas casas até o lago. A festa recorda quando Shiva encheu Grand Bassin com água do Ganges. A entrada no templo é gratuita.

Grand Bassin o que fazer Ilhas Maurício
Grand Bassin

Plantação de Chá Bois Cheri e Rota do Chá

A poucos quilômetros do Templo de Grand Bassin está a plantação de chá Bois Cheri. Em Bois Cheri você pode ver de perto as plantações verdes, já mesmo da estrada. Entretanto, um passeio interessante é visitar a fábrica de chá e ver todo o processo de fabricação. O Bois Chéri foi a primeira plantação de chá nas Ilhas Maurício, em 1892. Inclusive, o lugar tem um restaurante que fica numa propriedade de estilo colonial com uma bela vista. Do terraço a gente vê um lago com um cais, barquinhos e os campos de chá. Aliás, cervos também passam pelo terraço da propriedade! Em cada mesa tem 15 pacotes de chá diferentes para degustação, assim como açúcar mascavo, um pote de água quente e ainda um pequeno pote de leite.

O acesso ao restaurante custa 200 MUR, mas você pode usar o valor na conta se comer ou beber algo por lá. Fechado aos domingos. Entrada: a partir de 200 MUR | 5 Euro.

>> Clique aqui e visite uma plantação de chá e de açúcar em Maurícios <<

Plantação chá Ilhas Maurício
Plantação de chá

Île aux Cerfs

Sempre que você procurar o que fazer nas Ilhas Maurício você vai encontrar o nome Île aux Cerfs. Afinal, esta bela ilha é uma das maiores atrações de Maurícios. Quer umas férias mais incríveis ainda? Então, hospede-se na ilha de Île aux Cerfs! Não tenho dúvidas que vai ser inesquecível. Mas se esta não for uma opção para você, pelo menos faça um passeio até lá. Realmente, fazer um passeio de barco ou catamarã até Île aux Cerfs é um programão.

A pequena ilha é toda circundada por praias de areia fina, água muito rasa e de beleza sem fim. Mas você encontra bares e restaurantes, bem como esportes aquáticos, passeios de paraglide e muito mais. Existem vários operadores que oferecem passeios de barco para Ile aux Cerfs partindo de Pointe Jerome (em Mahebourg) ou Trou D’Eau Douce. Esses passeios levarão você a algumas das mais belas ilhas do litoral sudeste e a cachoeira GRSE e incluem um delicioso almoço com churrasco e bebidas.

Île Des Deux Cocos

Esta é uma ilha privada e deserta, além de muito linda para você viver uma experiência inesquecível. Naturalmente, existem excursões para a Ile des Deux Cocos que incluem mergulho e churrasco creole. Inclusive, elas podem ser reservadas online. Além do transfer até a saída do barco, almoço e bebidas, os passeios também incluem snorkeling e um passeio em um barco com fundo de vidro.

O QUE FAZER NAS ILHAS MAURÍCIO COM CRIANÇAS

Como a ilha recebe muitas famílias, uma das grandes procuras é por saber o que fazer nas Ilhas Maurício com crianças. Mas o pais logo percebem que o que não faltam são atrações para entreter a criançada! Além do Parque Nacional Black River Gorges e o Jardim Botânico já citados, Maurícios tem muitas atrações especiais para os menores.

Reserva Natural La Vanille

Este parque natural é basicamente um pequeno zoológico na selva. Inclusive, ele fica localizado numa antiga plantação de baunilha que ainda perfuma o ar da região até hoje. Neste lugar incrível dá para encontrar crocodilos e tartarugas gigantes (dá até para acariciá-las!). Além destes, o lugar conta com outros bichos exóticos, como iguanas, veados, macacos e até doces coelhinhos, muitas borboletas e outros insetos. Claro que as crianças amam! Mas atenção, leve repelente, pois tem bastante mosquitos por ali. Horário de funcionamento: 08:30 – 17:00. Entrada: 400 MUR adultos, 150 MUR crianças.

Waterpark Splash N’Fun (Belle Mare)

Para aqueles que passam as férias perto de Belle Mare certamente este é um passeio imperdível com crianças. No entanto, não é barato, mas as crianças se divertem muito. Entrada: 600 MRU para crianças menores de 12 anos e 1.000 MRU para adultos.

Casela World of Adventure e Nature Park (Flic en Flac)

Este é outro parque natural famoso na ilha e super perto de Flic em Flac, uma mistura de parque de lazer e aventura e zoológico. Ele fica no meio de plantações de cana-de-açúcar e conta com muitos animais para ver. São mais de 2 mil aves de mais de 100 espécies diferentes, além de macacos, rinocerontes, veados, zebras, leões, girafas, avestruzes e morcegos. Mas o lugar ainda tem cachoeiras impressionantes. Entretanto, além de ver os bichos, o parque tem várias outras atividades de aventura como tirolesa e Canyon Swing. Entrada: Crianças de 4 a 12 anos custam 880 MRU e adultos 1100 MRU.

L’aquarium de Pointe aux Piments 

O aquário das Ilhas Maurício é bem interessante e tem muitas espécies de peixes e animais marinhos. Além destes os visitantes podem ver corais e outros tipos de criaturas que vivem nas águas da região. Por fim, tem uma piscina onde as crianças podem tocar em alguns dos animais marinhos. Entrada: €9 adultos e €6 crianças.

L’Aventure du Sucre

Bem perto do Jardim Botânico, este museu fica numa antiga fábrica de açúcar e se propõe a ensinar às crianças tudo sobre a produção de açúcar. Além disso, ele conta a história dos 250 anos do açúcar nas Ilhas Maurício. Então aqui, você vai ver como era a fábrica original, suas máquinas, e aprender sobre a cana-de-açúcar. A exposição tem muitos recursos interativos que atraem a curiosidade das crianças. Ainda tem um passeio pelo antigo engenho de açúcar e o passeio termina com uma degustação – açúcar para as crianças e uma gota de rum para os adultos. Um passeio bacana que passa por esta atração é este aqui. Entrada: 525 MUR adultos, 250 MUR estudantes e crianças entre 6 e 13 anos.

ATIVIDADES – O QUE FAZER NAS ILHAS MAURÍCIO

Se você é daqueles que não quer ficar apenas deitado na praia ou curtindo a água transparente, saiba que o que não falta é o que fazer nas Ilhas Maurício. A ilha oferece uma grande variedade de possibilidades. Então, prepare-se para fazer inúmeras atividades na natureza como snorkeling, mergulho, windsurf ou até mesmo caminhadas, além de muitas outras opções.

o que fazer Ilhas Maurício snorkeling
Snorkeling em Belle Mare

Mergulho

Naturalmente, um paraíso de águas transparentes tem muita costa para oferecer mergulho de qualidade e com boa visibilidade. A temperatura da água é agradável o ano todo, oscilando entre os 23 e 27 graus.

São cerca de 330 km de costa rodeada por uma barreira de recife do coral, o que lhe garante áreas tranquilas para mergulho. No entanto, as costas do norte e oeste da ilha são as mais recomendadas. Inclusive no norte da ilha é possível ver barcos naufragados, como o barco Silver Star, a 39 metros de profundidade. Já na costa leste pode ter ondas mais altas e correntes perigosas. Mas o mergulho em Belle Mare também é muito bom.

>> Mergulhe em Maurícios! Faça sua reserva aqui! <<

Snorkeling

Caso você não seja um mergulhador experiente e queira somente aproveitar para olhar peixinhos e os corais, você pode fazer snorkel. Quase todas as praias oferecem esta possibilidade com segurança. Por isso, indico que você tenha sempre com você uma máscara de mergulho, e se possível um pé de pato. Pois assim, quando menos esperar, pode aproveitar e dar um mergulhinho e ver peixinhos.

Passeio de barco

Como o mar está por todos os lados e, na maioria das vezes, parece uma piscina, fazer um passeio de barco nas Ilhas Maurício, seja ele qual for, é sempre uma boa pedida. Você pode alugar um barco privado ou fazer passeios de barcos em grupos, o que barateia bastante os custos.

Nós alugamos um barco tanto em Le Morne, como em Belle Mare e em ambos o passeio foi um sucesso! Em Le Morne fomos ver os golfinhos e a Crystal Rock. Como o passeio incluia almoço e foi passeio de um dia todo, o passeio custou cerca de €380.

Já em Belle Mare alugamos um barco com fundo de vidro e foi uma delícia. Pois meu sogro que não mergulha, pode aproveitar e ver o fundo do mar e as belezas dos corais. O aluguel por 1 hora custou cerca de €30. Certamente foi uma das melhores opções do que fazer nas Ilhas Maurício para nós. Então, não deixe de fazer um passeio para mergulhar você também!

O que fazer Ilhas Maurício passeio barco glassboat
Glassboat nas Ilhas Maurício

Windsurf e kite

Se tem um spot bom para windsurf e kite no mundo, este spot fica em Le Morne, são no sul de Maurícios. Entretanto, vários pontos da ilha são bons para a prática. Ainda, você pode praticar windsurf e kite o ano todo, mas os ventos ideais são de junho a outubro.

Ver baleias

Sim, é possível ver baleias nas Ilhas Maurício! Inclusive, a melhor época para ver esses gigantes ao vivo é entre julho e novembro. Na ilha de Coin de Mire, no norte das Ilhas Maurício, várias baleias jubarte são vistas entre julho e agosto. Mas isto não significa que nos outros meses você não consiga vê-las. Por isso, os agentes de turismo fazem passeios durante todo o ano.

>> Reserve seu passeio para ver baleias aqui! <<

Passeio para ver e nadar com golfinhos

Certamente, este foi outro passeio que estava na nossa lista do que fazer nas Ilhas Maurício e que aprovamos com louvor! Simplesmente é uma sensação indescritível nadar com golfinhos selvagens. Nós fizemos o passeio casado com snorkel, passeio para ver a Crystal Rock e mais um churrasco na Ile aux Bénetiers. A água é cristalina e com apenas um metro de profundidade você já pode mergulhar maravilhosamente. Mesmo crianças podem mergulhar e ver grandes corais e peixes coloridos. Fora que a visão de Le Morne Brabant durante todo passeio é ótima.

Claro, você pode reservar um passeio com golfinhos e snorkel diretamente pelo GetYourGuide.

Parasailing: aventura e vistas maravilhosas

Caso você queira uma aventura radical e deliciosa, faça parasailing. Na realidade, é um paraquedas que é puxado por uma lancha. Lá do alto, as vistas são lindas e vale muito a pena! O passeio é oferecido em algumas praias.

Trilhas (trekking)

Certamente, para os amantes das trilhas, as Ilhas Maurício são um prato cheio! A ilha toda oferece inúmeras trilhas, como pelo monte Le Morne Trabant. Mas sem dúvida, o Parque Nacional Black River Gorges tem várias que agradam a todos. O site Trekking Mauritius oferece várias dicas e mostra várias trilhas.

Mas claro que as opções não se esgotam nas citadas acima. Então, você pode procurar outras opções do que fazer nas Ilhas Maurício. Dessa forma, você pode ter certeza de encontrar ainda opções de lazer como passeios de buggy, mountain bike, quadriciclo, pesca esportiva, caiaque, golf, etc.

Conclusão

E aí, agora você também concorda comigo que tem muito o que fazer nas Ilhas Maurício? E o mais legal é que são vários os tipos de atividades para fazer por lá! Certamente, se você quiser, suas férias serão bem agitadas! 🙂 Caso você tenha qualquer dúvida ou tenha alguma sugestão, escreve pra gente ali nos comentários!

Espero que este post ajude bastante no planejamento da tua viagem e que ela seja inesquecível! Se você usar os links que estão pelo meu do post, você também nos ajuda a manter o blog. Obrigada por fazer reservas com eles! 😉

Leia neste Artigo:

Tours Viajoteca

Conheça nossos tours e passeios exclusivos e privados, com guias e motoristas que falam português!
OFICIAL

Respostas de 2

  1. Entre mil e um sites sobre Mauricius, esse foi o mais completo e direcionado. Pude viajar agora em maio/24 para lá e realmente as descrições e orientações acima foram mais que suficientes para a viagem. Vale ressaltar que o continente é muito pobre, infelizmente a beleza fica concentrada nas praias e quando andamos pelas cidades se vê muita pobreza e até alguma insegurança, dependendo de onde passar. Uma dica legal é achar a “”25 de março”” deles, fica em Port Louis e tem tudo muuuito mais em conta do que nos shoppings ou lojinhas, mas claro, não é um conceito do que turista gosta de ver… então se você busca sair dos pontos turísticos de praias e shoppings e realmente descobrir o que o país tem a oferecer, fique preparado que é um choque de realidade, mas muita história e riqueza de conhecimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.