O que fazer em Nassau

O que fazer em Nassau, Bahamas – 11 dicas imperdíveis!

Depois de alguns dias relaxando em Bahamas, separei as melhores dicas do que fazer em Nassau, a capital do país e que fica localizada na ilha New Providence. Eu adorei conhecer Nassau e espero que você também curta a cidade e estas minhas dicas.

O porto de Nassau é bem movimentado pelos cruzeiros que atracam por ali quase todos os dias, seja para iniciar um novo roteiro pelo Caribe ou para apenas passar um dia na cidade. Acima disso, a Nassau também é um ponto de partida para conhecer as inúmeras ilhas paradisíacas das Bahamas e olha que são muitas! Dessa forma, Nassau possui vários hotéis e resorts para você passar um ou alguns dias. Então, aproveite para descobrir sua rica arquitetura colonial, culinária local e várias praias com uma coloração de azul de cair o queixo!

Então, seguem 11 atrações imperdíveis para se fazer em Nassau durante sua visita.

Cable Beach
Cable Beach


Leia também:


O que fazer em Nassau, Bahamas

Organizei esse post com as dicas das atrações em 3 partes. A primeira dou dicas de alguns tours rápidos e práticos em Nassau, para quem tem apenas algumas horas para explorar a cidade ou quer ver tudo rapidinho e depois ficar tranquilão ou tranquilona em alguma praia. O segundo tópico, dou dicas de alguns tours de barco, incluindo a famosa ilha que tem os porcos nadares e ilhotas paradisíacas ao redor de Nassau. E por fim, as 11 atrações que para quer curtir Nassau por conta.

Tours Guiado em Nassau

Há quem goste de montar seu próprio itinerário, mas há também pessoas que preferem chegar no lugar, pegar um tour guiado e ir para o abraço. Existe muitos tipos de viajantes e o modelo ideal é aquele que te faz feliz.

Pensando nisso, separei aqui alguns passeios guiados que vai agradar diferentes tipos de pessoas. Então, basta escolher se favorito, reservar com antecedência e prontinho:

PS: todos esses passeios são oferecidos em inglês.

Passeio de barco de um dia, saída de Nassau

As ilhas de Bahamas são famosas por suas águas cristalinas e um dos passeios mais procurados é para ver os porcos nadadores (risos). Isso mesmo!!! Em Bahamas tem algumas ilhas que os porcos tem uma vida bem “mais ou menos” e ficam ali curtindo a praia, o mar e a vida relax que todos nós pedimos para Deus!

A ilha mais famosa de Nassau pelos porcos nadadores é Exumas, mas ela fica distante de Nassau, mais ou menos umas duas horas de barco. Mas para quem tem só um dia, vale a pena fazer uma excursão curta de barco para uma outra ilha pertinho de Nassau para ver isso de pertinho.

Veja algumas opções com boas avaliações abaixo:

Bora passear por Nassau? Abaixo tem um mapinha dos lugares que vou falar nesse post, assim você consegue se localizar melhor”. Logo em seguida tem uma caixinha onde você pode pular direto para parte do texto que te interessa.

1. Arawak Cay / The Fish Fry

Arawak Cay é o point noturno de Nassau, espaço com vários restaurantes de culinária local e gostoso de experimentar. O pessoal de Nassau chama essa área de The Fish Fry. Inclusive, Arawak Cay é conhecida por suas atrações culturais, festivais e eventos e, é claro, por sua comida.

Eu não fui à noite, mas dei uma passadinha na hora do almoço para espiar como funciona. Ainda paramos para almoçar no Twin Brothers, um restaurante colorido famoso por seus daiquiris. Eu amei o ‘miami vice‘, que é uma mistura de pina colada com morango.

Uma dica para quem vai a Bahamas: experimente uma prato local chamado conch fritters. Este é um bolinho frito de caramujos que combina bem com uma cerveja em um happy hour!

2. Fortes de Nassau & Queen’s Staircase

Devido a sua localização estratégica, Nassau possui 3 fortes para quem gosta de história:

  • Fort Montague: o mais antigo da ilha de New Providence e o mais fora de mão da rota turística.
  • Fort Charlotte: este fica logo em frente ao Arawak Cay e é o mais visitado de Nassau. Dá para ir a pé de qualquer do centrinho turístico.
  • Fincastle Fort: fica alguns quarteirões do porto de Nassau e ao lado da Escadaria da Rainha – Queen’s Staircase.

Eu conheci por dentro apenas o Fort Fincastle e a vista lá que se tem lá de cima é bacaninha. Afinal, não é por menos, ele tem 38 metros de altura e é o ponto mais alta da ilha! [Mais informações em inglês, clique aqui]

Já Escadaria da Rainha (Queen’s Staircase), outra atração turística de Nassau, foi construída em 1793 é o caminho que te conduz ao Fort Fincastle. Inclusive, eu acho que vale gastar seu fôlego para chegar lá em cima.

Queen's Staircase
Escadaria da Rainha – Queen’s Staircase

ATENÇÃO: nas atrações turística de Nassau há sempre algum “funcionário do governo” querendo papear e te educar a respeito do que está visitando. Apesar de alguns deles contar bons causos, você sempre precisará desembolsar alguns dólares de gorjeta (demos entre 3 e 5 dólares). Entretanto, essa uma parte eu não gostei, pois as vezes eles são bem insistentes.

Fort Fincastle
Vista do Fort Fincastle

3. Junkanoo Beach & Cabel Beach

Se durante sua parada de navio você quiser curtir uma praia descolada, pública e sem compromisso, a Junkanoo Beach é o lugar ideal. Pois ela fica bem próxima de Nassau e lá você encontrará vários barzinhos, cadeira pra sentar e um mar bem bonito. Porém, este é um lugar mais popular. No final da tarde de sábado, vimos bastante locais curtindo praia e se misturando com pessoal dos navios…

Cable Beach é uma das praias mais bonitas de Nassau, mas apesar de ser pública, a maior parte dela foi tomada por resorts. Então, por bem ou por mal, a melhor forma de curtir essa praia é comprando um passe de um dia (day pass) em um dos resorts ou se hospedando em um deles. Por exemplo, você pode escolher o Grand Hyatt Baha Mar, o SLS at Baha Mar ou o SuperClub Breezes.

Como chegar em Cable Beach? Táxi ou pegando o ônibus #10.

Junkanoo Beach em Nassau
Barzinho da Junkanoo Beach
Superclub Breezes, Nassau - Bahamas
Superclub Breezes, Nassau – Bahamas


Vale a pena comprar antes:


4. National Art Museum e/ou Junkanoo Museum

Situada no coração de Nassau, a Galeria Nacional de Arte das Bahamas (NAGB) é a principal instituição artística da região. Dessa forma, para quem está buscando conhecer mais a fundo a cultura local, visitar esse museu é uma ótima escolha para se fazer em Nassau.

O museu fica na histórica mansão Villa Doyle, construída na década de 1860. Inclusive, a missão do museu é mostrar as melhores obras de arte criadas pelos Bahamians. então, o museu abriga a mais ampla seleção de pinturas, esculturas, tecidos, assim como fotografias do país. A entrada do museu custa US$ 10 por adulto. Já estudantes e pessoas acima de 65 anos pagam US$5 e crianças até 12 anos entram de graça.

Todavia, para uma imersão cultural e colorida do “carnaval” das Bahamas, vale a pena visitar o Junkanoo Museum and Resource Centre. No museu você vai poder conferir as fantasias, a história por trás dessa celebração etc.

O interessante do Junkanoo é que apesar de ter o jeitão do nosso carnaval de rua, os dias da celebração acontecem ao longo do ano. Contudo, nos dias 26 de dezembro e 01 de janeiro sempre tem parada, são os dias oficiais!

National Art Museum de Bahamas
Villa Doyle, prédio histórico de 1860, hoje sede do National Art Museum de Bahamas.

5. John Watling’s Distillery

Se a bebida mais típica de Bahamas é o rum, a destilaria John Watling’s é a casa de oração (risos). O tour pela mansão onde o rum é fabricado é gratuito, mas a degustação precisa pagar. Nós nos divertimos muito com o legendário bartender da destilaria, o grande Wilfred Sands.

O Wil inventou o drink “Rum Dum” e segundo ele é como o pisco sour que a gente faz no Brasil! Ops! Nessa ele falhou, pois nós fazemos caipirinhas e não pisco sour dos vizinhos peruanos e chilenos! Mas, independente disso, se você embalar na conversar, aposto que terá um good time!

 John Waitiling's em Bahamas
Nos divertindo na Destilaria com o Wil!


Mais dicas do Caribe:


6. Straw Market

Uma das coisas legais de se fazer em Nassau, ou e qualquer outro lugar do mundo, é conhecer o mercado. Certamente, o Straw Market tem um pouco de tudo. Então, lá você vai encontrar cacarecos, souvernirs, arte e “tudo aquilo que você precisa” para comprar suas lembrancinhas de Bahamas. Mas não esquece de negociar um pouquinho o preço!

Aliás, logo atrás do mercado fica a áreaa de embarque e desembarque dos ferry boats para a região do Paradise Island e do Hotel Atlantis.

Straw Market em Nassau
Lá dentro do Straw Market além das vendas, as vezes rola encontro público! Adorei!

7. Ruas e prédios coloridos do centro Nassau

Nos arredores do Straw Market e da Bay Street, tem vários sobrados coloridos cheio de lojinhas para explorar. Sem dúvida, é uma região mega turística, mas tem seu charme caribenho! Gosta das redes Starbucks e Hard Rock Café? Então, sorria, nessa região de Nassau você encontra!

Straw Market em Nassau
Centrinho de Nassau e fachada do Straw Market

DICA EXTRA: Dinheiro em Nassau

Apesar de Bahamas ter sua própria moeda (veja imagem abaixo), o dólar americano é usado em todo lugar. Inclusive, o valor é de um pra um.

Dinheiro de Bahamas

8. Os policiais de Bahamas

Uma das coisas que você vai perceber ao passar por Nassau, são os policiais e seus uniformes! Sério, eu achei muito charmoso, mas um pouquinho fora de contexto para uma ilha caribenha (risos). Então, aproveite que está turistando e tire uma foto com eles!

Policiais de Nassau
Policiais de Nassau



9. Poter’s Cay & Ponte Sidney Poitier

Quer algo para se lembrar que Nassau que não é somente para cruzeiros e turistas? Então, dá uma passadinha no Poter’s Cay. Pois é o lugar onde os locais vão se encontrar para tomar uma cervejinha, jogar conversa fora e comer um peixe. Certamente, esse foi o lugar mais autêntico que encontrei em Nassau.

Você pode chegar lá de táxi ou caminhando seguindo pela Bay Street até a ponte Poitier. Mas fique esperto, pois por alguns quarteirões você estará fora da área turística e Nassau não é super segura.

Ainda, estando em Poter’s Cay recomendo atravessar a ponte Poitier a pé até o Atlantis para se ter uma vista bem especial da cidade e da Paradise Island.

Reconheceu o nome “Sidney Poitier”?

Sim, é ele mesmo, Sidney Poitier foi primeiro negro da história que recebeu um Oscar de melhor ator. Ele cresceu em Bahamas e é orgulho nacional.

Poter's Cay em Nassau
Poter’s Cay em Nassau, onde os locais se encontram
Ponte Poitier em Nassau
Vista da Ponte Poitier em Nassau

10. Paradise Island & Atlantis

Há quem ame e quem odeie, mas é impossível não notar a majestosa construção do hotel Atlantis em Nassau. Inclusive, eu o apelidei de “Castelo da Barbie”. O Atlantis é um complexo gigantesco de hotéis de luxo, com muitas piscinas, restaurantes, etc.

Eu não entrei no hotel e somente fiquei na pequena área das lojinhas e shoppings ao lado da marina, que é gratuita. Mas quem quiser entrar no Atlantis, pode passar o dia comprando o day pass para algumas das atrações do hotel, o pessoal do Viaje na Viagem explica como fazer isso.

Você pode chegar na Paradise Island a pé pela Poitier Bridge, de táxi ou de ferry (barco) desde downtown Nassau (atrás do Straw Market). Nós fomos a pé e voltamos para o centro de barco.

Sabe que depois de o ter visto de longe, fiquei com vontade de me hospedar no Atlantis? Apesar de não ser fã de hotéis enormes, eu me arriscaria a ficar lá.

Calçadão do hotel Atlantis Bahamas
Calçadão do hotel Atlantis Bahamas, essa parte é aberta ao público.
Atlantis Bahamas
Atlantis Bahamas

11. Cervejas de Bahamas: Kalik e Sands

O Kiko, meu marido, ADORA provar cervejas locais em todas as nossas viagens pelo mundo. Então, ele provou algumas cervejinhas em Nassau e disse que você precisa experimentar as cervejas Kalik e Sands. A Kalik ganhou seu nome devido ao barulho da “caneca”, um dos instrumentos musicais do festival junkanoo. Já a Sands entrou no mercado em 2007 e foi a preferida do maridão.

Conclusão sobre o que fazer em Nassau

Com certeza Bahamas merece muito sua atenção, eu adorei a cidade e as Bahamas. Então, espero que essa listinha que coisas para fazer em Nassau, sua capital, tenha te ajuda a elaborar um roteiro bem legal durante sua viagem.

Se descobrir mais coisas, me conta nos comentários no final dessa página, pois vou adorar adicionar aqui para que outros leitores aproveitem também. De resto, não esqueça de usar nossos links aqui do blog para suas reservas, ganhamos uma micro comissão e isso nos ajuda a pagar as contas do blog e manter as dicas sempre fresquinhas para você!

Leia neste Artigo:

Tours Viajoteca

Conheça nossos tours e passeios exclusivos e privados, com guias e motoristas que falam português!
OFICIAL

Respostas de 11

  1. Olá! Adorei o post e as dicas de Nassau.
    Estou indo pra lá em Setembro e queria ajuda sobre transporte. Você saberia me dizer a melhor forma de ir do aeroporto até a região do Atlantis? Pesquisei no Uber e vi que não atende na região… seria melhor ir de taxi?

    1. Oi Bruna,
      Tudo bem?
      Puxa, eu acabei fazendo essa parte do Atlantis a pé e depois com o barquinho, não peguei taxi ou shuttle para ir ao Atlantis.
      No website do Atlantis tem a seguinte nota: “Transfers to and from the resort are offered on our website when booking your vacation. Taxis are also readily available at Nassau International Airport to transport you to Atlantis.”
      Então, tomando essa mensagem como base, vocês não terão problema em pegar taxi do aeroporto, o que eu acho que faz muito sentido.
      Boa viagem e depois me conta como foi.

  2. oi estou indo em setembro com parada de um cruzeiro de mais ou menos 4 h
    gostaria de conhecer a cidade
    como vc fez foi excursao? ou a pe?

    1. Oi Karen,
      Eu não fiz esse passeio desde um cruzeiro, eu estava em um hotel de Nassau, mas dá para fazer todas essas coisa saindo do porto de Nassau (que já é no centrinho).
      Eu fiz tudo a pé e por conta.
      Bjs

  3. Pode perguntar mais, rsrsrsr? Estou indo com minha filha de dois anos, alguma sugestão de passeio?
    Mais uma vez, Obrigado.

    1. OI Karl,
      Eu acho que o Atlantis vai ser uma boa opção pra vocês… pois no final, a criançada adora uma praia e essas coisas lindonas e bem estruturadas. A cidade de Nassau é bonitinha, mas tudo bem simples e tem mais opções para quem gosta de beber, entende? 🙂
      Como o mar das Bahamas é lindo, aproveita isso!
      Abs

  4. Olá, estava precisando muito dessas dicas, estou indo agora em junho e ainda não programei nada, hehehe, você saberia informar o valor para o day pass no Atlantis e para o transfer usando o ferry?
    Obrigado e parabéns.

  5. Mirella, adorei seus comentários sobre Nassau. Estava tão difícil de achar dicas bem escritas sobre o lugar que quase mudei de rota! (Risos) Parabéns pelo blog. Ajudou muito! Sucesso