1 Cidade : 1 Atração = Nova York : Ponte do Brooklyn

Ponte do Brooklyn em Nova York – curiosidades, dicas e história

O ponte do Brooklyn de Nova York foi inaugurada em 1883, quando finalmente se tornou a ligação entre os boroughs (espécie de bairro ou condado) de Manhattan e do Brooklyn. A ponte do Brooklyn levou 14 anos para ser construída. E desde sua inauguração ela se tornou uma das principais atrações turísticas de Nova York, bem como uma via importante de conexão entre os principais bairros da cidade. Talvez, foi nesse momento, que o bairro do Brooklyn realmente começou a se transformar!

Na época, a Brooklyn Bridge foi a maior ponte suspensa do mundo. Mesmo com seus quase 140 anos de história, a Ponte do Brooklyn permanece um dos pontos centrais de Nova York para visitantes e residentes. Inclusive, fazer a travessia a pé deve ser uma das coisas que você precisa fazer em Nova York. Pois, além do Brooklyn ser um bairro super bacana de se conhecer, certamente as vistas de Manhattan que se tem da ponte ou mesmo do parque do Brooklyn são bem legais.

Vista de Manhattan
Uma versão panorâmica da Ponte do Brooklyn vista desde o Brooklyn Bridge Park.

Antes de embarcar para NYC, não esqueça de adquirir um bom seguro viagem para viajar tranquilo!

Aproveite e use nosso link para garantir um desconto de 10% para pagamento no boleto ou 5% no cartão!

Seguro viagem para os Estados Unidos


Leia também:

MUSEUS EM NOVA YORK DE GRAÇA!

10 MUSICAIS DA BROADWAY EM NOVA YORK

BATE E VOLTA DE NOVA YORK A WASHINGTON


Ponte do Brooklyn em Nova York

Informações Gerais:

Localização: Cidade de Nova York.

Conecta dois distritos, que eles chamam de boroughs: Manhattan e o Brooklyn.

Comprimento: 1,825 metros.

Largura: 26 metros.

Altura: 84,3 metros.

Data da inauguração: 24/Maio/1883.

Designer: John Augustus Roebling.

Engenheiro chefe: Washington A. Roebling.

Pontes de Nova York
Nova York: Ponte do Brooklyn vista do South Street Seaport
Chip celular Estados Unidos

6 Curiosidades sobre a Ponte do Brooklyn:

1. Pelo menos 20 pessoas morreram durante a construção

A primeira vítima fatal da Ponte do Brooklyn aconteceu já em 1869, antes mesmo da construção ter começado. O alemão John A. Roebling, responsável pelo projeto da ponte, sofreu um acidente e teve seus dedos amputados. Infelizmente, algumas semanas depois faleceu de tétano.

Durante a construção, alguns trabalhadores caíram da ponte ou foram atingidos por destroços, enquanto outros, sucumbiram ou adoeceram diante da doença da descompressão. Entre eles estava o engenheiro chefe Washington, que depois de ter ficado paralisado, contou com a ajuda da esposa para tocar a obra, Emily Warren Roebling.

Nesse processo, Emily desenvolveu conhecimentos de resistência de materiais, análise de tensão, construção de cabos e cálculo de curvas catenárias. Até o final do desenvolvimento da ponte, Emily ficou na linha de frente, negociando com políticos, engenheiros concorrentes e todos associados ao trabalho da ponte.

Depois da finalização da Ponte do Brooklyn, Emily investiu seu tempo na causa das mulheres, como as “Daughters of The American Revolution”, e também em organizações sociais, como a Sociedade de Socorro. Em 1899, ela recebeu um certificado em direito comercial do Woman’s Law Class na New York University (que naquela época não se admitia mulheres em sua faculdade de direito). Inegavelmente, esta grande mulher viajou e deu muitas palestras até sua morte.

Os Roeblings até hoje são homenageados pelo trabalho na Ponte do Brooklyn, inclusive tem uma placa de dedicação na própria ponte.

2. Ponte suspensa mais longa do mundo

Algumas pontes suspensas no início do século XIX já haviam sido construídas e desmoronado. Contudo, John Roebling descobriu que era possível estabilizá-las usando teias de treliças nos dois lados da plataforma. Então, foi assim que nasceu a Ponte do Brooklyn. Surpreendentemente, até 1903 ela imperou como a maior ponte suspensa do mundo, quando ironicamente a ponte vizinha, Williamsburg Bridge, que também é muito bonita, a ultrapassou por pouco mais de 1 metro de comprimento.

Passarela de pedestre da Ponte do Brooklyn
Passarela de pedestre da Ponte do Brooklyn

3. Inauguração com muita pompa

Multidões se reuniram no dia 24 de Maio de 1883 para assistir a cerimônia de abertura da ponte do Brooklyn. A festa teve direito a presença de políticos, entre eles o presidente dos Estados Unidos. Além dele, teve banda de música, tiro de canhões e fogos de artifício. Certamente não poderia ser diferente, pois além de na época ela ser a maior ponte suspensa do mundo, ela mudou a vida de Nova York para sempre!


Assista um jogo em Nova York:

NBA (Basquete) – COMO E ONDE COMPRAR INGRESSO

FUTEBOL AMERICANO NOS EUA (NFL)

HOCKEY NO CANADÁ E EUA (NHL)


4. Boatos e mortes dias após a inauguração

A nova ponte causou tanto comoção que muitas pessoas cruzavam a ponte diariamente, seja para locomoção ou turismo. Infelizmente, fake news não é um problema que enfrentamos apenas na atualidade, pois no feriado americano do Memorial Day em maio, dias depois da inauguração da Ponte do Brooklyn, enquanto 20.000 pessoas circulavam sobre a ponte, começou rumores que a ponte iria desabar. Então, com o tumulto e a correria para evacuar a ponte, 12 pessoas foram esmagadas. Acima de tudo, uma tragédia que possivelmente começou com uma brincadeira de mau gosto!

5. Até vaca pagava pedágio na ponte do Brooklyn!

Quando a Ponte do Brooklyn abriu para o público existia um pedágio para poder cruzar a ponte. Na época, custava 1 centavo de dólar para pedestres atravessá-la, 5 centavos para cavalos e cavaleiro e 10 centavos para carroças. Já as vacas que passavam tinham de pagar 5 centavos e ainda ovelhas ou porcos pagavam 2 centavos! Pensando alto, fico imaginando uma vaca passando na ponte hoje em dia (risos)…

Entretanto, tudo isso mudou 1911 sob pressão de grupos cívicos. Sendo assim, o pedágio foi revogado e permanece dessa forma até hoje, tanto para pedestres quanto para veículos.

6. Uma sensação cultural

Indiscutivelmente, a Ponte do Brooklyn inspirou mais arte do que qualquer outra estrutura americana. São infinitas pinturas, inclusive de artistas famosos. Além disso, ela brilha em documentários, romances, artigos, poemas, músicas e filmes retratando a ponte símbolo de Nova York.

Nova York : Ponte do Brooklyn
Ponte do Brooklyn e a vista de Manhattan.

Como visitar a Ponte do Brooklyn

Atravessar a Ponte do Brooklyn é umas das coisas mais bacana de se fazer em Nova York durante a primavera, verão e outono. Entretanto, no inverno também pode ser legal, mas vai depender do clima. Isto é, do vento e temperatura. Então só se arrisque se você verificar tudo isso direitinho e se tiver agasalhado de acordo. Afinal, são cerca de 2 km de caminhada entre um extremo a outra da ponte.

Ainda não esqueça de respeitar a linha dos pedestres e das bicicletas, para assim evitar acidente desnecessários. Você pode cruzar a ponte tanto de Manhattan para Brooklyn, quanto vice-versa. De repente, se tiver energia, vale fazer dos dois jeitos. Contudo, se você só tiver tempo para uma travessia, recomendo começar o passeio no Brooklyn e então ir seguindo em direção a Manhattan. Isso se explica simplesmente por causa da vista dos belos aranha-céus de Nova York que vão surgindo e dominando o cenário durante o trajeto.

No Brooklyn, certamente não deixe de aproveitar os locais turísticos que circundam a ponte tanto do lado do Brooklyn (Brooklyn Bridge Park, Jane’s Caroussel, lojinhas do DUMBO e Brooklyn Heights Promenade), quanto do lado de Manhattan (South Street Seaport).

Para ir ou voltar do passeio, assim como para aproveitar a vista da cidade por um preço justo, você pode usar o sistema de transporte fluvial da cidade East River Ferry ou o IKEA Shuttle durante os finais de semana. Do contrário, volte a pé para curtir a ponte de novo!

Ponte do Brooklyn em Nova York
Vista linda da ponte, no parque pertinho do Jane’s Caroussel no Brooklyn.

Mais posts sobre os Estados Unidos:

CIDADES AMERICANAS QUE NÃO PRECISAM DE CARRO PARA PASSEAR

8 ROTEIROS DE VIAGEM PELOS ESTADOS UNIDOS


Curtiram as dicas da Ponte do Brooklyn?

Espero que tenham gosta das dicas do Viajoteca sobre a Ponte do Brooklyn em Nova York. E não esqueça de incluir um rolezinho por lá na sua viagem, pois realmente vale a pena!

Caso você já tenha feito este passeio e tenha mais dicas, conte pra gente ali nos comentários! Certamente, nossos outros leitores vão amar saber. 😉

Leia também:

LOJAS PONTA DE ESTOQUE NOS ESTADOS UNIDOS!

11 SITES PARA APRENDER INGLÊS ONLINE GRÁTIS!

CIDADES PEQUENAS NOS EUA PARA SE APAIXONAR!

Seguros Promo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.