Rota Romântica na Alemanha: dicas imperdíveis para sua viagem

A Alemanha tem inúmeras “rotas turísticas”. Na realidade, estas rotas temáticas na Alemanha são trajetos que unem cidades com interesses em comum, e que desenvolvem um tema ao longo delas. Bons exemplos são a Rota dos Contos de Fadas, a Rota do Vinho Riesling, Rota Alemã das Motocicletas, entre outras. Mas sem dúvida alguma, a mais famosa e que mais recebe turistas é a Rota Romântica na Alemanha.

A Rota Romântica liga Würzburg, que fica um pouco para baixo do meio da Alemanha, até Füssen, onde está o maravilhoso Castelo Neuschwanstein, nos pés dos alpes alemães, bem ao sul.

Toda esta preferência por esta rota temática na Alemanha não é em vão! Definitivamente, o trajeto da Rota Romântica na Alemanha é realmente lindo, com muitas cidades onde se sente que o tempo parou. Assim sendo, parece que estamos vivendo (com todo conforto, claro) na Idade Média, de onde vem a arquitetura da grande maioria.

Rota Romântica saindo de Munique >>> Rota Romântica e Rothenburg

Neuschwanstein Por canadastock
Castelo Neuschwanstein / Por canadastock | Fonte: Shutterstock

Rota Romântica na Alemanha

A Rota Romântica conta com 29 cidades participantes, que estão ao longo de um trajeto em torno de 400 km ligadas por estradas secundárias. Definitivamente é uma estrada linda, que atravessa vilarejos, campos e paisagens encantadoras.

Muitas cidades ao longo da Estrada Romântica são muito pequenas, outras pequenas e algumas médias, e acima de tudo a beleza medieval está no conjunto. Com toda certeza, para apreciar a beleza destes lugares deve-se observar uma pequena praça, olhar os detalhes das casas enxaimel, as ruazinhas de pedra, as flores na beira do caminho…

Necessariamente esta não é uma rota temática onde todas as cidades tem algum monumento esplendoroso. Realmente, sua beleza está em se apreciar o belo e o pequeno. Inclusive, é o que faz a diferença e transforma a Estrada Romântica na Alemanha neste poderoso destino que ela é.

Esta é uma rota para se fazer com tranquilidade e se seguir pelas estradas secundárias, assim como ir parando de cidade em cidade. De preferência, sem pressa e vendo as lindezas que cada uma delas tem para mostrar. Então montei este post para despertar ainda mais seu interesse e vontade de visitar esta parte da Alemanha! Aqui você vai esclarecer dúvidas e poder preparar esta viagem de sonhos!

Só não esqueça de fazer seu seguro de viagem! Pois ele é obrigatório para entrar na Europa. Então, aproveite os descontos do nosso parceiro. 😉

Rothenburg ob der Tauber
Rothenburg ob der Tauber


Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois ele é obrigatório nas viagens para a Europa. Nossos leitores recebem um desconto de até 10% na hora de pagar. Use o código promocional: VIAJOTECA5.


Rota Romântica: tudo que você precisa saber

Abaixo você vai encontrar diversos temas para planejar sua viagem pela Rota Romântica na Alemanha, desde a melhor época a se fazer a viagem, passando pelo tempo ideal para viagem, as cidades imperdíveis e diversas outras dicas importantes que vão facilitar e ajudar a você montar o seu itinerário.

Melhor época para fazer a Rota Romântica

A Rota Romântica na Alemanha pode ser feita durante todo o ano, e cada estação tem sua beleza. Como deixar de apreciar toda exuberância das flores nas janelas e os dias lindos da primavera? Além de curtir os dias quentes e agradáveis do verão? Ou ainda as mil cores do outono alemão, que fazem as copas das árvores parecerem aquarelas? Ou ainda o cheio de Glühwein (quentão) no ar tendo como pano de fundo os campos brancos de neve?

Tudo parece idílico e não ajudou muito na decisão, não é mesmo? Mas vamos a prática:

 Primavera e Verão

– sem dúvida, a primavera e o verão são as melhores épocas para se fazer esta rota. Neste período, os dias são longos, não apenas amanhecendo cedo, como também anoitecendo bem tarde. Definitivamente isto faz com que a viagem, e as visitações nas cidades, rendam bem mais.

Eu iria até mais longe e ainda diria que entre abril e junho seria a época mais apropriada. Isto porque julho e agosto são períodos de férias escolares e as cidades (e estradas) tendem a estar mais cheias e mais caras. Definitivamente reservas antecipadas nesta época são fundamentais.

Outono e Inverno

– outono e inverno tem suas belezas e particularidades. Eu diria que setembro e outubro ainda são épocas boas para a visita. Para aqueles que gostariam de “sentir frio” e conhecer os belos mercados de Natal da Alemanha, o mês de dezembro pode ser encantador. Mas lembre-se: é frio de verdade!

As grandes desvantagens que vejo de fazer esta viagem pela Estrada Romântica no inverno é que os dias são curtos (não só amanhece tarde bem como anoitece no meio da tarde). Dessa maneira, visita-se menos lugares, principalmente quando comparado com o que consegue-se visitar num dia longo de verão. E claro, o frio dificulta muita coisa.

Como quase tudo para se visitar e apreciar na Rota é ao ar livre, fica muito complicado conseguir andar na rua por muito tempo. Em resumo, isto faz com que tenhamos que entrar em lojas e cafeterias para nos esquentar a cada pouco. Desta forma, diminui muito o ritmo de viagem.

>> De Munique: Viagem de 1 Dia Neuschwanstein e Linderhof <<

Época que eu não recomendo

Uma época que não recomendo é entre Natal e Ano Novo. Isto porque os Mercados de Natal já acabaram, o frio é intenso, as cidades ficam vazias e as regiões como os Alpes ficam lotadas (todos vão esquiar nesta época do ano). Fora que na Alemanha tudo fecha nos dias 25 e 26 de dezembro (que são os 1º e 2º dia de Natal) e no dia 01.01.

Junto disto, nada abre nos domingos (este ano dia 24 cai num domingo, então serão 3 dias com tudo fechado). Normalmente, nos dias 24.12 e 31.12 tudo fecha ao meio dia.

Lembrando ainda que são pequenas cidades, vilas, que fazem parte da Estrada Romântica na Alemanha. Assim sendo, cidades pequenas tendem a ter comércio local, e pode ser que você ache pouca coisa aberta para se esquentar nesta época do ano. Então, eu evitaria.

wurzburg-Imagem de falco por Pixabay
Würzburg / Imagem de falco por Pixabay

Quantos dias para fazer a Rota Romântica?

Por certo, uma grande dúvida durante o planejamento é saber em quantos dias dá para fazer a Rota Romântica. Definitivamente, responder qual seria o tempo ideal é bem difícil, já que isto depende do interesse de cada viajante e do que ele quer ver. Entretanto, é claro que é possível responder se em x dias dá para ver o essencial… então vou tentar solucionar esta questão. Mas já devo alertar de antemão que esta é uma questão que tem várias variáveis e cada viajante deve avaliar.

Rota Romântica na Alemanha: quantos dias?

Para quem pretende visitar as 29 cidadezinhas, seja com tranquilidade ou mesmo passando rápido por todas elas, certamente deve dispor de mais tempo. Isto porque algumas cidades necessitam de quase um dia inteiro para serem conhecidas, como Würzburg, Rothenburg e Augsburg, por exemplo. Já para outras, algumas poucas horas já são suficiente para ver tudo, de tão pequenas.

Nesse sentido, eu diria que a viagem passando por grande parte das cidades da Rota Romântica pode consumir facilmente uma semana, para aqueles que querem conhecer todas suas atrações e ver tudo com calma. Por certo, mesmo que num ritmo mais rápido, ainda assim a viagem por toda Rota Romântica vai precisar de no mínimo uns 5 dias.

Mas a grande maioria dos visitantes não tem tanto tempo disponível e nem por isto deve desanimar! Já que qualquer tempo que você tenha para fazer um pedaço da Rota já vai ser muito bacana. Desta forma, a conta ideal que cheguei para ver as principais cidades da Rota Romântica na Alemanha, sem grandes correrias foi: 4 dias inteiros e 3 noites.

Dá para fazer em menos tempo?

Sim, com certeza dá, e você pode fazer a Rota Romântica na Alemanha em quantos dias você quiser! Caso você disponha de menos tempo, só terá de selecionar bem as cidades e acelerar o passo caso queira seguir pela Rota Romântica do começo ao fim.

É importante ressaltar que 400 km feitos em Autobahn não levam o mesmo tempo que 400 km feitos em estradas secundárias. Basicamente, a Rota Romântica segue ao longo de estradas secundárias. Ademais, a beleza da Rota está justamente nestas estradas secundárias, onde vai se passando pelas cidadezinhas, olhando os campos e curtindo o panorama.

Também é importantíssimo lembrar que estas estradas secundárias, por passar pelas cidadezinhas, são de trânsito bem mais lento e fazem a viagem ser mais vagarosa. Só para ilustrar, elas contam com sinaleiros, cruzamentos de pedestres, controladores de velocidade, radares (atenção redobrada!)… Tudo isto faz com que a velocidade média ao longo da viagem não seja alta.


Use nosso cupom: VIAJOTECA e garanta pelo menos 15% de desconto na compra do seu chip de celular com “O Meu Chip“! Super dica!

*(O valor do desconto aparece somente depois do pedido, antes de efetuar o pagamento).

Chip de celular - cupom de desconto 15%


Autoestrada A7

Para aqueles que estão com pressa e tem pouco tempo para conhecer a Estrada Romântica na Alemanha,  indico conjugar trechos em autoestrada com trechos seguindo a rota pela sua marcação original (estradas secundárias). Assim você pode passar por alguns trechos mais bonitos seguindo devagar, e em outros pode adiantar a viagem cortando caminho pela autoestrada.

A autoestrada Autobahn A7 meio que acompanha a Rota Romântica, na Alemanha. Deste modo, ela pode ser usada para ligar cidades selecionadas mais distantes. Ou ainda quando se pretende cortar algumas cidadezinhas do roteiro.

Para esclarecer: em resumo, as autoestradas na Alemanha (autobahns) são as BRs no Brasil. Já as estradas secundárias a que me refiro, seriam em comparação as vias estaduais e municipais.

Steingaden Rota Romântica Imagem de Robert Ehrmann por Pixabay
Igreja de Steingaden / Imagem de Robert Ehrmann por Pixabay

Passeio de um dia a partir de Frankfurt >>> as incríveis Heidelberg e Rothenburg!

Quais são as cidades da Rota Romântica

Como já mencionei acima, são 29 cidades que participam oficialmente e que podem ser vistas abaixo na mapa da Rota Romântica na Alemanha. Mas ao longo desta estrada estão várias outras pequenas e belas cidades, que podem também ser visitadas.

Oficialmente, as cidades da Rota Romântica na Alemanha são:

Mapa da Rota Romântica

Abaixo você pode ver o mapa da Rota Romântica na Alemanha com todas as cidades que fazem parte dela. As linhas em cinza são as autoestradas que passam perto da rota, sendo que a linha cinza que segue bem dizer paralela neste mapa da Rota Romântica na Alemanha é a autoestrada A7, que pode ser usada por aqueles que não desejam visitar todas as cidades da Rota Romântica.

Rota Romântica, na Alemanha mapa

Procure seu hotel nas cidades da Rota Romântica aqui e encontre as melhores opções e preços!

Afinal, desta lista, quais cidades não dá pra deixar de fora?

Eu diria sem medo de errar: não deixe de fora da sua lista Würzburg, Rothenburg ob der Tauber, Dinkelsbühl, Füssen e o imperdível Castelo Neuschwanstein.

Para quem tem mais tempo, certamente eu colocaria as cidades da Rota Romântica como Bad Mergentheim, Feuchtwangen, Nördlingen, Donauwörth, Augsburg e Landesberg.

Claro que cada pessoa tem uma expectativa diferente, e as condições da viagem e mesmo do clima influenciam muito no impacto causado. Portanto, é muito fácil adorar todas as cidades da Rota Romântica na Alemanha num dia de sol e céu azul, quando tudo é mesmo mais lindo. Assim como pode ser bem enfadonho andar pelas ruazinhas da mais bela cidade sob chuva forte e vento frio, não é mesmo?!

Mas é importante saber que todas as cidadezinhas citadas acima não estão participando da Estrada Romântica na Alemanha por acaso. Inegavelmente cada uma delas tem muito a oferecer. Assim sendo, uma passada por qualquer uma delas vale a pena e pode render boas memórias!


Leia também:


Tauberbischofsheim Rota Romântica
Tauberbischofsheim

Qual sentido da Estrada Romântica é o melhor

O sentido de se fazer a Estrada Romântica tanto faz. Começar no sul e terminar no norte, ou vice-versa, não faz grande diferença. Assim sendo, esta é mais uma questão de logística e gosto. Desta forma, você pode começar pelo norte, e fazer a Rota Romântica na Alemanha saindo de Frankfurt, ou ainda começar pelo sul, vindo da Áustria ou Suíça, assim como fazer a Rota Romântica saindo de Munique.

Entretanto, devo confessar que eu tenho uma certa queda por começar a Rota Romântica na Alemanha saindo de Frankfurt. Por que? Simplesmente pelo fato de assim o ponto final ser no Castelo Neuschwanstein! Definitivamente a vista do Castelo nos alpes é o ápice perfeito para o fim desta viagem tão linda!

+ OS CASTELOS NEUSCHWANSTEIN E HOHENSCHWANGAU NO SUL DA ALEMANHA

Neuschwanstein inverno
Castelo Neuschwanstein no inverno

ATENÇÃO!

Cidades como MuniqueNürnberg (Nuremberg), BambergHeidelberg não fazem parte da Rota Romântica. E nem estão “ali pertinho”, muitas vezes.

Então, atenção ao programar desvios!

Onde se hospedar na Rota Romântica

Responder esta pergunta depende muito de quanto tempo se tem para a viagem e, claro, de qual sentido se escolheu para fazer a Estrada Romântica. Quem começa a Rota Romântica saindo de Frankfurt possivelmente vai escolher ficar em cidades diferentes de quem começou a fazer a Rota Romântica saindo de Munique, por exemplo. Assim como, que quanto mais dias você tem, mas opções você vai poder ter.

O que eu não indico muito é a escolha de um ponto fixo para passar mais noites e fazer bate e voltas a partir desta cidade. A Rota Romântica é muito longa para fazer isto, e os trecho para bate e volta seriam limitados. Isto até pode funcionar para duas noites, onde se poderia desbravar num dia as cidades que ficam para o norte da cidade base escolhida, e no outro as cidades ao sul.

Em contrapartida, fazer a viagem numa direção e dormindo cada noite em diferentes cidades da Rota Romântica é uma forma de aproveitar bem melhor o tempo. Apesar de ser um pouco mais trabalhoso ter de trocar de hotel todos os dias, sem dúvida esta é a forma mais otimizada de fazer a viagem.

Boas cidades para se hospedar

Meu voto, considerando as opções de hotéis, restaurantes e passeios vão para:

E para quem deseja ficar perto do Castelo Neuschwanstein ou ter a vista dele, escolha as vilas de Schwangau e Hohenschwangau, que são bem próximas uma da outra.

No entanto, acho importante ressaltar que várias outras cidades da Rota Romântica na Alemanha são boas escolhas para se passar a noite. Seja como for, as cidades acima são as preferidas da maioria dos viajantes e todas contam com bons hotéis. 😉

Importante: reserve seu hotel antecipadamente, principalmente na alta temporada!

Esta é uma dica importante, pois muitos viajantes pensam em ir seguindo a Rota Romântica e parar na cidadezinha que mais lhe agradar e ali procurar um hotel de última hora. Sim, isto seria o ideal, não é mesmo?!

Só que, a Rota Romântica na Alemanha é uma das viagens mais desejadas pelos turistas e muito procurada, principalmente na época que vai entre abril e outubro. Além da procura ser mais alta, deixar para reservar seus hotéis em cima da hora fatalmente vai encarecer sua viagem. Desta forma, reservar seus hotéis antecipadamente pode ser o grande ponto de sucesso para sua viagem. Afinal, ninguém quer correr o risco de não achar onde dormir, ter de desviar da rota para achar acomodação ou pagar muito mais caro por uma noite de hotel do que o planejado!

Qual melhor meio de transporte para fazer a Rota Romântica

Sem piscar: a melhor maneira de fazer a Rota Romântica na Alemanha é de carro! É de carro que você vai ter mais liberdade para passear e conhecer a as cidades da Rota Romântica com mais agilidade e rapidez. Fora que não existem pedágios e nem é necessário comprar vinhetas (vignette) para circular pelas estradas alemãs. Então, alugar um carro seria uma das primeiras dicas que eu daria para quem planeja fazer esta viagem.

Ainda, outras boas formas de fazer esta viagem seriam de moto (principalmente no verão) ou de motorhome, já que todas cidades contam com estacionamentos e possibilidades de pernoite.


Descubra a liberdade de explorar cada cantinho do seu destino com um carro! Alugue um carro e viva uma viagem inesquecível! Com a flexibilidade de horários e itinerários, você pode vivenciar experiências autênticas e desbravar lugares incríveis que ficariam fora do alcance com outros transportes.


Quer cogitar outro meio de transporte?

Vá de bicicleta ou caminhando! É sério, definitivamente é uma maneira muito bacana de passear entre as cidades da Rota Romântica. Aqueles que estão habituados a fazer exercícios podem facilmente seguir de uma cidade a outra desta maneira.

Algumas cidades são bem próximas uma da outra e existem inúmeras trilhas para ciclistas e pedestres. Sendo que a maioria destas trilhas são muito fáceis até para principiantes. Estas trilhas não requerem grandes esforços físicos e passam por aldeias, vinhedos, campos… Até mesmo eu já fiz alguns trechos desta rota de bicicleta e recomendo muito!

Trem

– Ah, mas eu ouvi falar que a Alemanha tem trens excelentes…

Tem sim, mas estes trens excelentes servem para ligar grandes cidades do país, de maneira rápida e prática. E nenhuma das cidades que fazem parte da Estrada Romântica na Alemanha são grandes. Portanto não são ligadas por trens ICE, por exemplo (o trem de alta velocidade).

Nem todas as cidades são servidas por trens ou nem mesmo tem estações de trens. Então, nestas cidades a única opção de transporte público é usar linhas de ônibus para fazer os trechos.

Embora algumas cidades da Estrada Romântica na Alemanha tenham ligações de trens entre si, ainda assim os trens que passam por estas linhas são trens regionais. Desta forma, eles fazem inúmeras paradas, tornando a viagem lenta e nem sempre prazerosa.

O trem pode ser usado no caso de uma ida bate-volta de Munique para Füssen, por exemplo.

+ 12 IDEIAS DE BATE-VOLTA A PARTIR DE MUNIQUE NA ALEMANHA

Ônibus

A saber, existe uma linha de ônibus, o Romantic Road Coach que liga algumas cidades da Estrada Romântica na Alemanha. A empresa oferece um passeio “express” de um dia. Além de ainda oferece a possibilidade de se fazer como os ônibus drop-in drop-off, e se ficar numa das cidades onde o ônibus passa, pegando um ônibus posterior.

Estes ônibus podem ser pegos saindo de Frankfurt ou de Munique. Dessa forma, eles vão de uma delas até a outra. Ainda que esta linha só funcione entre abril e outubro, ela oferece a possibilidade de levar bicicletas. Todavia, as informações você acha aqui: www.touring-travel.eu/en/romantic-road-coach/

Atenção!

Ainda existem ônibus locais que fazem linhas de transporte público entre cidadezinhas bem próximas. Mas estas informações e horários só são encontradas nas inúmeras empresas locais de transporte de cada cidade. E devo alertar que é uma forma bem lenta de se deslocar, já que os ônibus vão parando nos diversos pontos de parada ao longo da linha.

Carro

Como mencionei acima, a melhor maneira de se viajar pela Rota Romântica é de carro. Já que o carro fornece uma praticidade que nenhum outro meio de transporte oferece. Além de passar por estradas cênicas, ele dá a possibilidade de se parar onde e quando se quer. Seja para desfrutar da paisagem, ou bater uma foto ou comer no restaurantezinho com cara ótima.

Estacionamentos

Com toda certeza, estacionamento não é um problema ao longo da Estrada Romântica na Alemanha. Todas as cidades oferecem estacionamentos (geralmente pagos, mas baratos) ao redor do centro antigo. Normalmente o centro das cidades é fechado para o trânsito geral. Assim sendo, só é permitido entrar de carro no centro antigo para fazer entregas e passagem de moradores.

Então, ao chegar nas cidades, procure pelos estacionamentos sinalizados e deixe o carro ali. Desta forma você evita possíveis multas de trânsito e ainda não perde tempo, já que estacionar no centro nos centros antigos da cidades é praticamente impossível para visitantes.

Sem dúvidas, a melhor forma de fazer a Rota Romântica é de carro!

Pretende alugar carro na sua viagem pela Alemanha? Clique aqui e veja as melhores ofertas!

Dicas importantes

Para o sucesso da viagem ser certo é sempre bom saber de algumas dicas certeiras e aqui seguem algumas:

→ Definitivamente, as cidades da Rota Romântica na Alemanha são para serem conhecidas à pé. Os centrinhos medievais costumam ser bem pequenos e facilmente podem ser conhecidos em poucas horas, exceto pelas cidades maiores.

Atenção 1

Não caia na tentação de estacionar em vagas livres nos centros das cidadezinhas! A não ser que elas estejam designadas como estacionamento com parquímetro (pago), você pode ganhar uma bela multa. A princípio, muitas destas vagas são exclusivas de moradores e cadeirantes!

Atenção 2

Devido a programação do GPS, ele sempre tentará seguir pela autoestrada (a Autobahn). Na maioria das vezes a programação do aparelho está para “trajeto mais rápido”.

Acima de tudo, a Rota Romântica é feita de cidadezinhas que passam por estradas secundárias. Para não perder as belezas da Rota, sem dúvida indico digitar o nome da próxima cidade que desejam visitar e cuidar por onde o GPS está tentando levar vocês.

Aliás, outra boa opção é até mesmo não usar o GPS e seguir sempre pela estrada que é sempre sinalizada com a placa abaixo. Esta placa indica o caminho da Rota Romântica, que na maior parte do tempo segue pela estrada secundária B 25.

Rota Romântica, na Alemanha placa

Atenção 3

As cidades da Rota Romântica na Alemanha são na sua maioria não mais do que pequenas vilas e é importante saber que com isto o comércio fecha cedo e os restaurantes também. Desta forma, não deixe para jantar muito tarde, já que a maioria dos restaurantes já não aceita mais pedidos de comida a partir das 21h nestes lugares. Claro que em cidades maiores, como por exemplo, Rothenburg, Würzburg, Augsburg, Füssen, este não é o caso.

Por fim, é importante saber que os alemães tem o hábito de jantar cedo, ali pelas 18:30, 19h. Já que este é ponto cultural forte, os restaurantes seguem a tendência de fechar mais cedo também. Então fique alerta para não ir dormir de barriga vazia!

Informações sobre a Rota Romântica

Site oficial da Rota Romântica

Para quem deseja planejar a viagem por conta própria, certamente indico o site oficial da rota romântica na Alemanha que conta com páginas em português: https://www.romantischestrasse.de/pt/

Qual faixa etária mais aproveita a Rota Romântica

Sem dúvida, é uma viagem linda e muito indicada para pessoas de todas as idades. Desde crianças, passando por adultos e idosos, é difícil quem não se encante com as atrações ao longo desta rota de sonhos. Igrejas, palácios, castelos, jardins, praças e fontes lindas, prédios históricos, museus interessantes… tem atrações para todos os gostos e idades.

Assim sendo, é sempre bom saber que todas cidadezinhas sempre contam com cafés charmosos, restaurantes com comida típica, parquinhos para crianças, lojinhas de souvenier, entre outros. Sempre vai se encontrar alguma coisa que agrade a todos. E conforme as cidades vão se seguindo, é impossível não ir se apaixonando ainda mais pelas belezas do caminho, o capricho dos lugares, as janelas enfeitadas de flores e as histórias passadas nestes lugares.

Com certeza, a Rota Romântica não tem contraindicações de idade e fornece uma boa apresentação da Alemanha, sendo uma ótima escolha para quem não conhece o país ainda ou mesmo para aqueles que já vieram para cá inúmeras vezes.

Se você está em dúvida se escolhe esta rota para percorrer, definitivamente eu só posso dizer que você:

Faça esta viagem! Inegavelmente ela será inesquecível. 😉

Roteiro Europa: Rothenburg ob der Tauber Rota Romântica Alemanha
Rothenburg ob der Tauber


Leia mais:


Gostou do post? Tem alguma dúvida sobre esta viagem?

Então, escreve pra gente ali nos comentários! Caso você tenha alguma sugestão, deixe ali para gente também. Sem dúvida, vai ser de grande ajuda para os nossos outros leitores. 🙂

Caso este post tenha te agradado ou te ajudado de alguma forma, utilize os links que estão dentro dele para fazer suas reservas. Através deles ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a sempre ter conteúdo fresquinho e de qualidade para você! Obrigada!!

Leia neste Artigo:

Tours Viajoteca

Conheça nossos tours e passeios exclusivos e privados, com guias e motoristas que falam português!
OFICIAL

Respostas de 45

  1. olá… quero fazer esta “rota” ou as “15 cidades pequenas imperdíveis”, ambos roteiros que constam aqui no blog…
    Mas principalmente, gostaria de saber se Alemanha é um país caro, para que eu me planeje melhor…
    Obrigada

    1. Oi Marcia.. a Rota segue uma lógica, já as cidades imperdíveis são bem aleatórias, estão espalhadas na Alemanha. Teria que escolher por preferência mesmo.
      Quanto aos valores, só por ser em Euro já é mais caro. Na verdade o custo da viagem depende muito do seu estilo de viagem. =)

  2. Olá!
    Carina, vamos para a rota romântica em outubro, de motorhome (eu, esposo e filha de 8 anos). Gostaria da sua dica de quais cidades separo para passar o dia e quais cidades consigo dividir em um mesmo dia? (considere as cidades que vc escreveu no seu post como imperdíveis e com mais tempo). Teremos 5 dias inteiros livres (sem contar a viagem de ida/volta para Hannover – onde moramos).

    1. Oi, Camila!
      Tudo bem?
      Bom, vamos lá… eu diria que Würzburg, Rothenburg ob der Tauber, Augsburg e Füssen são cidades que você vai precisar de pelo menos meio dia, no mínimo umas 3 horas, assim como o Castelo Neuschwanstein (se você já tiver tudo organizado e comprado antes).
      No caso de Bad Mergentheim, Feuchtwangen, Nördlingen, Dinkelsbühl, Donauwörth e Landesberg, a visita consegue ser mais rápida e você consegue colocar umas 3 num dia. Eu não sei se você vai conseguir fazer mais de 3 cidades num dia, pois sempre se perde muito tempo procurando estacionamento, se achando nas cidades e etc. E você tem uma dificuldade a mais que é encontrar lugar para o motorhome (faça as reservas dos campings ontem! Um amigo reclamou que está muito difícil de encontrar lugar nas cidades turísticas para parar com o motorhome!), então, creio que baseado onde você vai ficar, que você deveria planejar quais cidades ver. 😉
      Boa viagem!

  3. Olá Karina, adorei o seu post!!! Muitas informações que irão me ajudar muito a preparar a minha viagem pela rota romântica.
    Vou contar com as suas dicas e, se puder, com a sua ajuda.
    Obrigada
    Elen

  4. Oi, Carina, tudo bem? Relato muito esclarecedor.
    Estamos montando uma viagem p Rota Romântica da Alemanha. Depois seguimos p Áustria. Para a RR, reservamos 6 noites. 2 em Frankfurt (Römerberg e Museu Städel), alugar carro e seguir p Rothemburg. No caminho parar em Wertheim e Würzburg. 2 noites em Rothemburg. Conhecer Nördlingen. No caminho p Füssen, conhecer Dinkelbühl. 2 noites em Füssen (conhecer a cidade e os castelos). Resumindo:
    2 Frankfurt
    2 Rothemburg
    2 Füssen
    Vc acha que está bem dividido e passando nas principais cidades?

  5. Oi Carina, tudo bem? Amando o conteúdo de vocês…estou planejando uma viagem para Alemanha ano que vem e depois de pesquisar muito como organizar a hospedagem na rota romântica, adivinhe? Continuo sem saber onde me basear para conhecer as principais cidades da RR. Estamos pensando em 4 dias e 3 noites…help?! É suficiente pra visitar o mais importante? Pensei numa noite em cada cidade desta: Wurtzburg/ Rothenburg/Fussen. Ilumine-me!!!

    1. Obrigada, Edilene!
      Desculpa a demora, eu estava viajando.
      Quanto a tua pergunta, 4 dias é um bom tempo, sim. E dependendo do que você vai fazer no 1o dia, escolheria estas mesmas cidades para dormir. Digo isso, porque Würzburg é a 1a cidade da Rota, mas se você está saindo de Frankfurt para começar a rota, ela é uma escolha bem raoável. 😉
      Boa viagem!

  6. Olá, adorando suas dicas! Pretendo ir para Alemanha em outubro com meu esposo, gostaria de fazer rota romantica e dos alpes! Quais cidades você indica e quantos dias? Começando por onde e terminando onde? Gostaria de incluir Munique, 3 dias! Vamos alugar carro! Você acha possivel incluir Haustat no roteiro? Apenas passar o dia! Muito obrigada

    1. Oi, Márcia! Tudo bem?
      No post da Rota eu sugiro a média de dias e quais cidades vc não deveria deixar de ver. Já na região de Alpes, depende muito pra que lado vc vai para eu poder sugerir algo, mas sugeriria pelo menos uns 2, 3 dias.
      Sim, vc consegue incluir Hallstatt. Temos um post sobre a cidade, vc viu?!
      Boa viagem!

      1. Oi Carina, obrigada por responder! O problema é que não resolvi as cidades ainda, se puderes ajudar te agradeço! Estou com dúvidas sobre como montar o roteiro, tipo, de onde pra onde. E qual a melhor cidade para eu ir direto do Brasil e por qual cidade eu volto! Quanto a Haustat eu já conheço mas quero levar meu marido, então a dúvida é depois de que cidade poderemos incluir Halstat! Muito obrigada

        1. Oi, Marcia!
          Como está no post da Rota Romântica, eu indico que você voe para Frankfurt e lá pegue um carro alugado para fazer a partir dali tua viagem e descer pela Rota Romântica. Esta parte da viagem está bem explicada no post e você pode decidir as cidades por ali.
          Já a parte dos alpes, Hallstatt fica bem para outra direção e você vai ter de fazer escolhas aqui, pois o Castelo de Neuschwanstein é o ponto final da Rota Romântica, e fica na outra ponta dos alpes. Se vc deixar de fora Hallstatt, eu faria o Zugspitze, Garmisch-Partenkirchen, Ettal, Oberammergau, Palácio de Linderhof… talvez incluiria Innsbruck, na Áustria e terminaria em Munique.
          Se Hallstatt for imprescindível, então eu iria para belíssima região de Berchtesgaden, Schönau (Königssee), Ninho da Águia, Ramsau, Salzburg… por fim, também trminaria em Munique, onde pegaria o voo de volta e devolveria o carro.
          Ambas são lindíssimas e não sei dizer qual mais linda.
          Boa viagem e aproveite muito! Ah, não esqueça de usar nossos links ao fazer sua reservas! 😉

          1. Oi Carina, desculpe, mas tenho outra dúvida, gostaria de incluir 3 dias Estrasburgo e Colmar o que você acha? Vou ter 20 dias inteiros de viagem! Obrigada

            1. Se vc optar por fazer a região de Alpes ali perto de Füssen, vc pode dali seguir para o Bodensee (lago lindo e enorme que faz divisa da Alemanha, Suíça e Áustria). Anote para conhecer Lindau e a ilha Mainau. Faça também a Floresta Negra depois (Freiburg, Triberg, Titisee…) e depois siga para Colmar (procure pelo nosso post sobre a Alsacia, a região tem cidades incríveis) e Strasbourg. É daí você pode voltar para o Brasil de Frankfurt, teu ponto de início. Tem mais dias? Que tal Vale do Reno? Olha nosso post sobre a região também!! 😉
              Mas daí vc vai ter de deixar Munique, Hallstatt pra uma próxima vez… 😉
              Boa viagem!

        2. ola Carina Estamos decidindo se vamos em maio 23 pela rota romantica Pois nao falamos quase nada de ingles Sera que usando os tradutores nos viraremos bem nessas cidades ? Adorei seu blog e vou seguir toda orientação! grata Malu

          1. Oi, Malu!
            Não se preocupe com a língua, tem muitos brasileiros que não falam nenhuma outra língua e se virem bem pela Alemanha e pelo mundo. Eu sempre digo que cartão de crédito resolve quase todos os problemas. 😉
            Especialmente nestas regiões bem turísticas, como a Rota Romântica, as pessoas nos restaurantes, hotéis, lojas e afins já estão superacostumadas em lidar com pessoas que naobfalam a língua. Então venha sim, e para o básico, o tradutor sempre é uma mão na roda!
            Boa viagem!!

  7. bom dia Carina.
    Suas dicas são muito boas. Após esse tumulto na Ucrânia, pretendemos visitar Alemanha, Áustria, e outros países. Não temos nada definido. Queremos visitar nosso sobrinho que mora em Estrasburgo, na França. Mas principalmente a Alemanha, de nossos antepassados, Relsberg. A minha dúvida é: alugando um carro na Alemanha posso entregar, por exemplo, na Áustria? Outra dúvida: posso reservar o carro com seguro, etc no Brasil, mesmo? e deixar pago por aqui mesmo? Apenas apresentando a documentação? Ainda temos receio de viajarmos sozinhas sem dominar o idioma. Agredeço sua atenção. Cristina

    1. Obrigada, Cristina!
      Vamos as respostas:
      – se você pega um carro num país e devolve noutro, vai pagar uma taxa de devolução no exterior. Você precisa avaliar se vale a pena.
      – pode e deve já sair com o carro alugado do Brasil. Vai sair muito mais em conta do que alugar ao chegar no país que você pretende pegar o carro. Ao fazer a reserva, eles já pedem todos os dados do motorista, cartão de crédito e etc. Então enviam um voucher que você só apresenta na locadora para retirar o carro.
      Nós temos uma parceria com a Rentcars. Clique no link e faça uma cotação. 😉

      Fique tranquila, muitas pessoas viajam pelo mundo sem falar outro idioma. Claro que facilita falar pelo menos o inglês, mas tendo paciência e bom humor, tudo se ajeita. 😉

      Boa viagem!

    1. Oi, Mônica!
      Não sei dizer depois da pandemia como está por lá, mas na minha região, os pequenos comércios ainda estão apegados ao dinheiro. 🙄
      Tem mudado um pouco, mas alemão não curte muito receber em cartão, principalmente restaurantes familiares. Entretanto, muitos trabalham tanto com débito como com crédito. O melhor é perguntar antes de pedir. 😉
      Boa viagem!

    1. Obrigada!
      Infelizmente não, Fernanda. Eu só gosto de indicar o que provei e este é um tipo de indicação muito subjetiva, mesmo que eu tenha gostado.
      Assim, prefiro não sugerir. 😉
      Boa viagem pra vc!

  8. Oi Luciana, no mês de maio estou planejando visitar Praga (3 dias) e depois seguir de ônibus para Nuremberg, onde alugaria um carro para fazer a rota romântica em 3 dias até Munique. O que você acha?

  9. Oi Carina…tenho uma dúvida…os estacionamentos na rota romântica são pagos?
    Tem parquimetro e aí tem que usar moeda ou aceita notas ou ainda tem alguém cobrando…é fácil de usar?
    Outra coisa…se tem hotel reservado pode chegar de carro nos centrinho destas cidades não? Caso contrário tem que deixar no estacionamento?
    Muito obrigada
    Luciana

    1. Oi, Luciana!

      Isto varia muito de cidade pra cidade. Tem algumas que vc pode chegar aos hotéis sim, outras não. O ideal é vc ver com o hotel que vc reservou como funciona no caso deles. Quanto ao pagamento, tem algumas cidades que possuem parquímetro, outras estacionamentos privados, outras não cobram estacionamento por algum tempo… é difícil generalizar e cada cidade tem um jeito se organizar a este respeito.
      Boa viagem!

  10. Olá Carina, estou pensando em eliminar Bamberg do meu roteiro para poder passar 4dias inteiros na rota romântica… Caso mantenha Bamberg só conseguirei passar meio dia em Wurzburg e o restante dos 3dias seguiria C a rota, o que me aconselharia?

    1. Olá, Juliana!

      Depende muito do estilo de viajante que você é… caso você queira conhecer bem e com calma as cidades da Rota, e Bamberg não faça parte do teu caminho, eu excluiria ela. Bamberg é linda e merece a visita sempre, mas no caso de querer fazer a Rota apropriadamente, e lembrando que só os castelos vão tomar quase um dia todo, eu deixaria ela para uma outra oportunidade.
      Caso vc opte por conhecer as cidades da Rota mais rapidamente, pode manter ela sim. 😉

      Boa viagem!

  11. Oi Carina, planejo visitar a Alemanha em junho de 2017. Planejo chegar por Frankfurt e seguir até Munique de carro, passando pela rota romântica. Pensei em ficar duas noites em Wurzburg, para fazer um bate volta até Bamberg e depois continuar pela rota pernoitando em Rothenburg, Augsburg ou Landsberg am Lech e por fim 2 noites em Fussen, para visitar os dois castelo. Você acha que são noites demais em cada cidade? Eu poderia eliminar o pernoite em Rothenburg e Fussen ou você acha que está bom assim? Desde já agradeço pela ajuda.

    1. Olá, Perla!

      Tudo depende do ritmo que vcs querem imprimir nesta viagem, Perla. 🙂
      Se vocês pretendem conhecer a maioria das cidades, pode ser que sejam necessários todos os pernoites, e esta é realmente a média que meus clientes costumam ter de pernoites na Rota Romântica. E não elimine nem o pernoite em Rothenburg e nem em os 2 em Füssen! Estes são os pernoites chaves na rota. 😉
      Boa viagem!

      1. Olá, Adalberto!
        Não conheço empresas que façam especificamente esta rota, mas tem vários guias que podem fazer esta viagem com vc. Uma empresa bem confiável é a Viagem Alemanha. Boa viagem!

      2. Olá, obrigada pelas dicas!! para quem vai chegar por Frankfurt e pegar o carro no aeroporto. Qual o melhor local para dormir em Frankfurt e começar a rota no dia seguinte?

        1. Olá, Thais!
          Depende muito se vcctem interesse de conhecer a cidade de Frankfurt ou não. Se vc quiser conhecer a cidade, indicaria vc ficar bem central, mas esteja preparada para pagar estacionamento.
          Boas opções de hotéis eu selecionei aqui: https://www.viajoteca.com/hoteis-bem-localizados-no-centro-de-frankfurt/
          E aqui: https://www.viajoteca.com/hoteis-5-estrelas-bem-localizados-em-frankfurt/

          Agora, se vc não tiver interesse de ver a cidade, indico vc procurar algum hotel nas cidades ao redor de Frankfurt, onde vc pode chegar e sair rapidamente da Autobahn A3, que vc vai pegar para ir até Würzburg, onde doença a Rota Romântica.
          Outra opção é ficar nos hotéis aobrwdor do aeroporto, uma boa pedida para quem chega cansado, e com pessoas de idade e crianças, por exemplo. Tenho um post com várias opções:
          https://www.viajoteca.com/hotel-perto-do-aeroporto-de-frankfurt/
          Boa viagem!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.